Dores abdominais

Introdução

Uma pesquisa nacional mostra que 39% dos entrevistados dizem sofrer de dor, cólica ou desconforto abdominal, sendo 36% dos homens e 43% das mulheres. A maior proporção (43%) está na faixa etária dos 16 aos 39 anos.3

Outra pesquisa relatou que 96% dos que sofrem com dores, desconfortos e cólicas abdominais dizem que interrompem suas atividades diárias quando sofrem do problema, sendo que 48% interrompem frequentemente ou muito frequentemente, e 90% dos usuários de Buscopan podem continuar com suas atividades diárias sem interrupções. 97% dos que sofrem com dores, desconfortos e cólicas abdominais dizem que a qualidade do seu trabalho (incluindo trabalho em casa) foi afetada por ter dor/cólica/desconforto abdominal, sendo que 58% notam que seu trabalho é afetado frequentemente ou muito frequentemente, e 88% dos usuários de Buscopan notam uma melhora na qualidade do seu trabalho quando o tomam.6

abdominal
1
2
3
4
5
Onde dói?

A posição e a natureza do dor abdominal podem dar importantes dicas sobre sua provável causa. Lembre-se: se você tiver dor grave acompanhada por febre ou perda de peso, se você perceber sangue nas fezes ou se tiver histórico de doenças do sistema digestivo na sua família, procure um médico.

1Acima do abdômen, atrás do esterno (osso no meio do peito)

Dor aguda ou queimação na parte inferior do peito (azia) pode ser causada por refluxo gástrico, também conhecido como indigestão ou dispepsia. Normalmente ela é temporária e pode ser atenuada comendo porções menores de alimentos mais magros e mais suaves. Essa dor pode ser aliviada tomando um antiácido. Consulte seu médico se os ataques de azia persistirem ou aumentarem.

2Abdômen médio

Dor de cólica no abdômen médio pode ser o resultado de espasmos musculares gástricos ou do intestino delgado. Pode ser uma reação ao alimento, estresse ou outras influências externas. As cólicas podem ser acompanhadas por ruídos abdominais, eructação (arrotos) ou distensão (estufamento) na barriga. Buscopan® fornece alívio direcionado e efetivo para esse tipo de dor. Entretanto, se a dor persistir, você deve consultar seu médico.

3Abdômen inferior, lado esquerdo ou direito

Dores de cólica no abdômen inferior, lado esquerdo ou direito, podem ser causadas por espasmos nos músculos do cólon ou intestino grosso. Essas dores podem ser acompanhadas por distensão na barriga, flatulência e / ou mudanças nos movimentos intestinais normais. Buscopan® fornece alívio direcionado e efetivo para essa dor. Entretanto, se a dor persistir, você deve consultar seu médico.

4Abdômen inferior, lado esquerdo ou direito

Dores de cólica no abdômen inferior, lado esquerdo ou direito, podem ser causadas por espasmos nos músculos do cólon ou intestino grosso. Essas dores podem ser acompanhadas por distensão na barriga, flatulência e / ou mudanças nos movimentos intestinais normais. Buscopan® fornece alívio direcionado e efetivo para essa dor. Entretanto, se a dor persistir, você deve consultar seu médico.

5Abdômen inferior, lado esquerdo ou direito

Dores de cólica no abdômen inferior, lado esquerdo ou direito, podem ser causadas por espasmos nos músculos do cólon ou intestino grosso. Essas dores podem ser acompanhadas por distensão na barriga, flatulência e / ou mudanças nos movimentos intestinais normais. Buscopan® fornece alívio direcionado e efetivo para essa dor. Entretanto, se a dor persistir, você deve consultar seu médico.

men

Os órgãos do abdômen são muito sensíveis a influências internas e externas. Tudo o que nós comemos vai para nosso trato digestivo, assim, qualquer alergia alimentar, intolerância ou sensibilidade que temos pode rapidamente levar à dor abdominal. Doenças também podem causar cólica nos órgãos do trato digestivo. É também importante lembrar que o abdômen reage a estados e condições físicos e psicológicos. Ansiedade e tensão muito frequentemente causam espasmos nos músculos do estômago, intestinos, resultando em dor abdominal. Em momentos estressantes e durante ou após mudanças significativas, muitas pessoas sofrem de episódios temporários de dor abdominal. Entretanto, se você apresentar dores ou cólicas abdominais contínuas ou agravadas ou se a dor for acompanhada por febre e perda de peso, ou se você perceber sangue nas fezes, consulte seu médico.

ab1
Tratando dores e cólicas abdominais

Há várias formas eficazes de reduzir ou até eliminar a dor de cólicas abdominais. Naturalmente, a prevenção é o melhor remédio: se possível, evite alimentos e bebidas que você sabe que as desencadeiam e tente relaxar, reduzindo assim os efeitos do estresse na sua digestão. Entretanto, quando a dor atacar, fique tranquilo: há tratamentos para ela.

Se não for observado nenhum efeito com Buscopan® em vários dias, é importante que você consulte seu médico. Ele pode prescrever medicação para tratar a sua condição ou recomendar uma dieta adequada.

Conheça nossas linhas de produtos e escolha o mais adequado para seu tipo de dor.

VEJA OS PRODUTOS