Cólicas

O que é cólica renal? Sintomas e o que fazer para tratar

Imagem dio post o que é cólica renal

Muitas pessoas relatam que a dor da cólica renal é um dos piores tipos de dores possíveis, mas você sabe exatamente o que é cólica renal e por que ela acontece?

Neste artigo, explicamos os principais detalhes sobre cólica renal para que você aprenda a identificar suas características:

  • O que é cólica renal?
  • Como é a dor de cólica renal?
  • Qual a diferença entre cólica renal e infecção urinária?
  • Quais são os sintomas da cólica?
  • Quais alimentos podem causar cólica renal?
  • Como aliviar a cólica renal?

Continue lendo e tire suas dúvidas.

O que é cólica renal?

A cólica renal é um tipo de dor que acontece quando os cálculos (também chamados de pedras) bloqueiam partes do trato urinário como rins, ureteres, bexiga ou uretra1.

Uma pessoa pode ter cálculos renais em qualquer lugar do sistema urinário, apesar de ser comum dizer que alguém tem ou está com pedras nos rins. A estimativa é de que entre 5% e 15% da população já tenha sofrido de cólica renal2.

As pedras ou cálculos se formam quando minerais como cálcio e ácido úrico ficam “presos” na urina e criam cristais endurecidos que podem ser bem pequenos como um grão de areia ou grandes do tamanho de uma bola de golfe1.

O problema está justamente quando as pedras crescem, pois quanto maior elas forem, mais dolorosa é a movimentação para tentar sair do corpo, causando o que chamamos de cólica renal.

Como é a dor de cólica renal?

A dor da cólica renal é uma dor intensa, aguda e localizada, que atinge a parte inferior e lateral das costas (na altura dos rins), mas também pode ser sentida na parte inferior do abdômen (na altura da bexiga).

Quando a pedra tenta passar pelas estruturas internas, ela estica e alarga a área e é isso que causa dor intensa.

Qual a diferença entre cólica renal e infecção urinária?

A diferença entre cólica renal e infecção urinária é que, na primeira, a dor é muito forte e debilitante e se concentra na região das costas. Já a infecção urinária causa ardência ao fazer xixi, um sintoma bastante característico desse quadro.

Outro detalhe é que o incômodo para urinar vai aumentando progressivamente e a dor da cólica renal quando a pedra tem um tamanho que obstrui a passagem nos rins ou nas outras partes do sistema urinário, acontece de repente, causando um desconforto imediato.

Quais são os sintomas da cólica?

“Mas como saber se estou com cólica renal de fato?”. É sua dúvida também? Então, entenda os sintomas da cólica.

Via de regra cálculos renais pequenos podem passar despercebidos, ou seja, não causam nenhuma dor. Já as pedras maiores causam o principal sintoma que é a cólica renal, especialmente se bloquearem um ureter, o tubo que conduz a urina do rim para a bexiga1.

Os sintomas que podem acompanhar a cólica renal são:

  • dor intensa na lateral do corpo entre as costelas e o quadril ou na parte inferior do abdômen1;
  • dor que se espalha para as costas ou virilha1;
  • náusea ou vômito1.

Outra característica da dor de cólica renal é que ela vem em ondas que duram de 20 a 60 minutos. Quando o problema atinge outras partes do sistema urinário, os sintomas que aparecem são:

  • dor ao urinar (não a ardência típica da infecção)1;
  • sangue na urina, que pode ficar rosa, vermelha ou marrom1;
  • urina turva ou com mau cheiro1;
  • presença de cascalho (pequenos pedaços de pedras visíveis na urina)1;
  • vontade urgente de fazer xixi1;
  • urinar mais ou menos do que o de costume1;
  • febre e calafrios (se o cálculo também desencadear uma infecção)1.

Quais alimentos podem causar cólica renal?

O estilo de vida e a alimentação podem ser causas da cólica renal e, por isso, é importante ter atenção aos hábitos.

Um estudo médico concluiu que 12% dos homens e 6% das mulheres terão uma ou mais pedras renais durante a vida3 devido a mudanças na dieta e aos hábitos de vida.

Em relação aos alimentos, os que podem causar cálculos e, consequentemente, cólica renal são os que contêm oxalato, uma substância que é produto final do metabolismo de aminoácidos e do ácido ascórbico e que é eliminado pela urina.

Então, pessoas com tendência a desenvolver cálculos renais (seja pelo histórico familiar ou por uma característica pessoal) devem evitar os seguintes alimentos ricos em oxalato na dieta:

  • escarola;
  • beterraba;
  • ruibarbo cru ou cozido;
  • espinafre cru;
  • cacau em pó;
  • quiabo;
  • salsinha;
  • almeirão;
  • batata doce;
  • abacaxi;
  • ameixas;
  • framboesas.

Outro fator que aumenta o risco de ter cálculos e cólica renal é beber pouca ou nenhuma água no dia a dia.

Além disso, obesidade e realização de cirurgia de by-pass gástrico, faz com que a absorção de cálcio e outras substâncias que formam pedras aumente1.

Os distúrbios metabólicos, como hiperparatireoidismo e outras condições que aumentam a quantidade de substâncias formadoras de cálculos no corpo também podem causar cólica renal1.

Como aliviar a cólica renal?

Os analgésicos podem ajudar a aliviar cólicas renais leves. Já se a dor for intensa, o médico pode prescrever medicamentos mais fortes, inclusive com administração por via intravenosa que alivia a dor mais rápido2.

Se a cólica renal for causada por espasmos uretrais, o médico pode prescrever antiespasmódicos que auxiliam o relaxamento dos músculos e reduzem os espasmos que causam o desconforto2.

Também existem remédios que unem o analgésico e o antiespasmódico que é o caso de Buscoduo e Buscopan Composto.

Quando acontece uma infecção, além do cálculo, o tratamento também vai incluir anti-inflamatórios para aliviar a dor e o inchaço.

Por fim, se o cálculo renal for grande, o que impossibilita a expulsão natural, será necessário passar por uma cirurgia para fazer a remoção

Lembrando que qualquer tipo de remédio deve ser tomado corretamente, de acordo com a orientação do médico. Não se automedique em casa e procure um atendimento de urgência imediatamente.

Agora que você já sabe o que é cólica renal, que tal dividir seu conhecimento com os amigos? Para isso, basta compartilhar este post em suas redes sociais!