Dúvidas | Buscopan

DÚVIDAS

Buscopan® é uma marca existente no Brasil há mais de 60 anos e presente em outros países do mundo. A marca é líder e Top of Mind no segmento de dores na barriga. Além disso é o antiespasmódico mais prescrito pelos médicos. A marca é especialista no segmento e possui um portfólio único no mercado com produtos indicados para cada intensidade de dor, de leves a intensas. Buscopan da caixinha verde é um produto indicado para dores leves e cólica na região da barriga. O produto é composto por Butilbrometo de Escopolamina e possui duas formas farmacêuticas: gotas e drágeas. Buscopan® Gotas é indicado para bebês a partir do primeiro mês de vida, crianças e adultos, variando a posologia para cada público, já Buscopan® Drágeas é indicado para uso adulto e pediátrico acima de 6 anos. Para maiores informações, consulte a bula1.

Buscopan® Composto fornece alívio rápido e efetivo porque tem uma ação dupla: Ele age no foco da dor porque desenvolve um efeito relaxante muscular do órgão abdominal , agindo apenas onde a dor ocorre. Graças ao analgésico, seu efeito começa rapidamente. Para mulheres e homens que sofrem de desconforto e dor abdominais devido a cólicas e espasmos, Buscopan® Composto combina Butilbrometo de escopolamina, o antiespasmódico, e Dipirona, um analgésico altamente efetivo.

Buscopan® e Buscopan® Composto contêm o ingrediente ativo Butilbrometo de escopolamina, um antiespasmódico desenvolvido para aliviar cólicas abdominais e espasmos. Butilbrometo de escopolamina age apenas onde a dor e cólicas ocorrem - no abdômen. No Buscopan® Composto, além de Butilbrometo de escopolamina, também contém Dipirona, um analgésico bem reconhecido e efetivo, e portanto oferece uma ação dupla. Buscopan® Composto age no foco da dor mais forte para dores e cólicas abdominais (ao relaxar os músculos dos órgãos abdominais) e tem um efeito de rápida ação ao bloquear a dor.

Buscopan® age apenas onde as cólicas e dores ocorrem - no abdômen. Em comparação aos analgésicos, Buscopan® apenas age onde a dor ocorre e no foco da dor. Buscopan® tem um perfil de segurança muito favorável.

Isto não é recomendado. Um aumento da dose recomendada em pode provocar efeitos negativos. A dose indicada na bula ou recomendada por seu médico ou farmacêutico deve ser a adequada para o seu caso.

Você não deve usar o produto em altas doses ou por longo tempo sem médica e deve consultar seu médico se as cólicas abdominais persistirem.

É recomendado tomar Buscopan® sem mastigar e com água (normalmente um copo cheio). Para mais informações, favor consultar a bula. Se estiver em dúvida, favor consultar seu médico ou farmacêutico.

BUSCOPAN COMPOSTO não deve ser utilizado durante os 3 primeiros meses de gravidez. Entre o 4° e 6° mês (segundo trimestre), o uso deve ser considerado somente se os benefícios compensarem claramente os riscos. Após o 6° mês de gravidez (terceiro trimestre) o uso da dipirona pode provocar problemas graves ao bebê e problemas hemorrágicos à mãe e ao bebê na ocasião do parto. Portanto não se deve usar BUSCOPAN COMPOSTO nesse período. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez. Derivados da dipirona passam para o leite materno. Portanto, a amamentação deve ser evitada durante o uso de BUSCOPAN COMPOSTO e por pelo menos 48 horas após a última tomada.

Devido ao grande número de órgãos nesta região do corpo, os sintomas podem obviamente ser causados por uma ampla variedade de fatores. Em casos de cólicas abdominais estes sintomas podem ser significativamente aliviados com Buscopan®.

Você deve especialmente estar atento se sua condição durar vários dias ou se a dor for mais grave, se você tiver febre, se você observar sangue nas fezes, ou se você observar perda repentina de peso. Você deve então consultar um médico.

Buscopan® é especialmente desenvolvido para relaxar os espasmos dos músculos dos órgãos do trato digestivo, e também atua aliviando os espasmos geniturinários e cólicas das vias biliares.

Além de dor e cólica abdominais, os pacientes com SII frequentemente sofrem de sintomas de diarreia e/ou constipação e/ou flatulência.

Não. SII é um transtorno funcional dos intestinos e não é relacionado com câncer ou crescimento tumoral.

SII pode afetar pessoas de todas as idades; entretanto, os sintomas normalmente se tornam menos graves conforme as pessoas envelhecem. O motivo disso não está totalmente esclarecido, mas um estilo de vida menos estressante, e aprender a evitar fatores desencadeadores pode ajudar a reduzir os sintomas.

Não. SII não é uma doença de ameaça à vida.

Buscopan® é um medicamento indicado para tratamento das dores e cólicas na região da barriga: como por exemplo estômago, intestino, rins, bexiga e cólicas menstruais. O medicamento atua no relaxamento desses locais e proporciona alívio rápido e prolongado da dor nos órgãos. Buscopan® é muito mais que um analgésico pois ele relaxa e alivia o desconforto exatamente onde eles ocorrem. Ou seja, ele oferece um alívio direcionado pois ele age onde a dor se desenvolve – nos órgãos da barriga, aliviando as cólicas e espasmos que causam esses desconfortos. Todos os produtos da linha Buscopan® possuem o ativo Butilbrometo de Escopolamina que possui a ação citada acima. Já Buscoduo® e Buscopan® Composto apresentam dupla ação pois além de relaxar essas regiões, também possuem analgésico em sua formulação, onde o alívio da dor é potencializado. Buscoduo® possui Paracetamol e Buscopan® Composto a Dipirona. Para maiores informações, consulte a bula123.

Buscopan® é indicado para o tratamento das dores e cólicas na região da barriga: como por exemplo estômago, intestino, rins, bexiga e cólicas menstruais. Para maiores informações, consulte a bula123.

Toda a linha Buscopan® contém o ativo Butilbrometo de escopolamina que apresenta uma ação de relaxamento da musculatura lisa dos órgãos da barriga (estomago, intestino, útero, rins e bexiga), esse relaxamento é conhecido como ação antiespasmódica, que evita os movimentos involuntários (espasmos), responsáveis pela dor. Buscoduo® e Buscopan® Composto especificamente também agem potencializando o efeito analgésico (alívio da dor) e por isso são indicados para as dores moderadas e intensas. Para maiores informações, consulte a bula123.

As maiores diferenças entre os produtos Buscopan® estão relacionadas a formulação e a forma farmacêutica de cada um deles, que impactam em outros aspectos como indicação e posologia. Todos possuem a molécula Butilbrometo de Escopolamina em suas formulações, ativo que é responsável por relaxar a musculatura dos órgãos da barriga, atuando nos movimentos involuntários (espasmos) e ajudam a passar a dor. Buscopan® da caixinha verde, tanto no formato gotas quanto drágeas, possui o Butilbrometo de Escopolamina em sua formulação e é indicado para as dores leves. Buscopan® gotas é indicado para bebês a partir do primeiro mês de vida, crianças e adultos, variando a posologia para cada público, já Buscopan® drágeas é indicado para uso adulto e pediátrico acima de 6 anos. Buscoduo® da caixinha laranja possui a forma farmacêutica de comprimido revestido e sua formulação contém Butilbrometo de Escopolamina e Paracetamol (analgésico que potencializa o alívio da dor). Buscoduo® é indicado para dores moderadas e recomendado apenas para uso adulto. Buscopan® Composto da caixinha roxa também possui a forma farmacêutica de comprimido revestido. Já sua formulação contém Butilbrometo de Escopolamina e Dipirona (analgésico que potencializa o alívio da dor). Buscopan® Composto é indicado para dores intensas e é recomendado para uso adulto. Com relação à gravidez, Buscopan® e Buscoduo® podem ser utilizados desde que orientado por um médico ou cirurgião dentista, conforme a Bula. Já Buscopan® Composto, não é indicado durante a gestação. Para maiores informações, consulte a bula123.

Sim. Todas as apresentações da marca Buscopan® aliviam as cólicas menstruais, cada um em uma intensidade específica. Buscopan® da caixinha verde é indicado para as dores leves, Buscoduo® da caixinha laranja para dores moderadas e Buscopan® Composto para as dores intensas. Para maiores informações, consulte a bula123.

Não substituem. Existem inúmeros chás e receitas caseiras que não possuem estudos de eficácia e segurança, frente a isso, é sugerido o uso dos produtos da linha Buscopan® que são produtos eficazes e seguros para melhorar a dor e a cólica na região da barriga. Podem haver alguns tipos de chás que apresentam melhora discreta no desconforto na barriga, mas não aliviam de forma rápida e prolongada.

Pacientes que tenham doenças crônicas antes de ingerir qualquer medicação precisam sempre procurar um médico para melhor orientação, pois cada caso deverá ser analisado profundamente. Todo medicamento deve ser guardado em locais seguros, secos, arejados e protegidos da luz, fora do alcance de crianças e dos animais domésticos.

Os produtos da linha Buscopan® possuem formulações distintas e por isso possuem indicações diferentes, mas todos eles não devem ser utilizados por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião dentista. Sobre Buscopan® Composto especificamente, ele não deve ser utilizado durante os 3 primeiros meses de gravidez. Entre o 4° e 6° mês (segundo trimestre), o uso deve ser considerado somente se os benefícios compensarem claramente os riscos. Após o 6° mês de gravidez (terceiro trimestre), o uso da dipirona pode acarretar em problemas graves ao bebê e problemas hemorrágicos à mãe e ao bebê na ocasião do parto. Portanto não se deve usar Busco¬pan® Composto nesse período. Derivados da dipirona passam para o leite materno. Desse modo, a amamentação deve ser evitada duran¬te o uso de Buscopan® Composto e por pelo menos 48 horas após a última tomada. Informação profissionais de saúde: • Buscopan® Gotas e Buscopan® Drágeas (Caixa verde): categoria risco B • Buscoduo® (Caixa laranja): categoria risco C • Buscopan® Composto (Caixa Roxa): categoria risco D Para maiores informações, consulte a bula123.

Os eventos, em geral, são leves e desaparecem espontaneamente. Podemos ter reações na pele do tipo rash (vermelhidão na pele), urticária (placas elevadas na pele, geralmente com coceira), prurido (coceiras), boca seca, disidrose (alteração na pele com aparecimento de pequenas bolhas nos pés e nas mãos), retenção urinária (dificuldade para urinar), eritema (manchas vermelhas com elevação da pele), Raramente podem também aparecer reações anafiláticas (reação alérgica grave), como dispneia (falta de ar) ou choque anafilático (choque alérgico). Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis Para maiores informações, consulte a bula1.

Ambos possuem apenas o ativo Butilbrometo de Escopolamina em suas formulações. Buscopan® Gotas possui 10mg/ml do ativo e Buscopan® Drágeas possui 10mg do ativo por drágea. A posologia de cada formato é diferente devido à forma farmacêutica. A composição dos excipientes de cada forma farmacêutica também é diferente uma da outra. Buscopan® Drágea não é indicado para quem tem intolerância à frutose e contém açúcar em sua formulação, portanto, deve ser usado com cautela em portadores de Diabetes. Já Buscopan® Gotas não contém os excipientes mencionados acima, porém, contém como conservante metilparabeno e propilparabeno, que podem provocar reações alérgicas (possivelmente tardias). Além disso, se você segue uma dieta controlada de sódio, deve usar Buscopan® Gotas com precaução, pois o produto contém sódio. Para maiores informações, consulte a bula1.

Pode sim. Buscopan® Gotas (caixinha verde) é indicado para bebês a partir do primeiro mês de vida, crianças e adultos, variando a posologia para cada público. Já Buscopan® Drágeas (caixinha verde) é indicado para uso adulto e pediátrico acima de 6 anos. Para maiores informações, consulte a bula1.

Buscopan® Gotas (caixinha verde) tem posologias diferentes de acordo com cada faixa etária, conforme abaixo. Buscopan® Gotas deve ser ingerido, por via oral, podendo ser diluído em um pouco de água. O frasco de Buscopan® solução gotas vem acompanhado de um moderno gotejador, de fácil manuseio: Para usar rompa o lacre da tampa, vire o frasco e mantenha-o na posição vertical. Para começar o gotejamento, bata levemente com o dedo no fundo do frasco e deixe gotejar a quantidade desejada (1mL = 20 gotas). A não ser que o médico prescreva de maneira diferente, as doses recomendadas são: – Adultos e crianças acima de 6 anos: 20 a 40 gotas (10-20mg), 3 a 5 vezes ao dia. – Crianças entre 1 e 6 anos: 10 a 20 gotas (5-10mg), 3 vezes ao dia. – Lactentes: 10 gotas (5mg), 3 vezes ao dia. A dose de Buscopan® baseada no peso corpóreo para crianças até 6 anos pode ser verificada através da calculadora de dosagem ou através da Bula completa. Já Buscopan® Drágeas deve ser tomado por via oral as drágeas inteiras, com um pouco de líquido. A não ser que o médico prescreva de maneira diferente, a dose recomendada para adultos e crianças acima de 6 anos é de 1 a 2 drágeas (10-20mg), 3 a 5 vezes ao dia. Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado. Você não deve administrar Buscopan® de forma contínua ou por períodos prolongados sem que a causa da dor abdominal seja investigada. Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista. Para maiores informações, consulte a bula1.

Você não deve usar Buscopan® (Gotas e Drágeas da caixinha verde) se tiver miastenia gravis (fraqueza muscular grave); estenose mecânica no trato gastrintestinal (estreitamento do aparelho digestivo); íleo paralítico ou obstrutivo (não funcionamento do intestino); megacólon (dilatação do intestino grosso); alergia a qualquer componente da fórmula; Crianças com diarreia aguda ou persistente não devem usar Buscopan®. Buscopan® é contraindicado para uso por idosos especialmente sensíveis aos efeitos secundários dos antimuscarínicos, como secura da boca e retenção urinária. Buscopan® Drágeas não pode ser usado por quem tem intolerância à frutose. Para maiores informações, consulte a bula1.

Buscopan® pode ser encontrado nas farmácias de todas as regiões do Brasil e em cada localidade e farmácias pode apresentar um preço diferente. Consulte online para verificar o melhor preço da sua região.

Buscopan® é um antiespasmódico. O Buscopan® da caixinha verde possui somente ação antiespasmódica, já Buscoduo® da caixinha laranja e Buscopan® Composto da caixinha roxa possuem também ação analgésica pois possuem Paracetamol e Dipirona, respectivamente, em suas formulações.

Buscopan® da caixinha verde é indicado para as dores leves, Buscoduo® da caixinha laranja é indicado para dores moderadas e Buscopan® Composto para as dores intensas.

Buscoduo® da caixinha laranja é um dos produtos da linha Buscopan® que é indicado para dores moderadas e cólicas na região da barriga. O produto é composto por Butilbrometo de Escopolamina 10mg e Paracetamol 500mg e por conta desses dois fármacos, possui dupla ação: antiespasmódica e analgésica. Para maiores informações, consulte a bula2.

O Paracetamol é um analgésico que é responsável pela potencialização do alívio da dor na barriga. Enquanto o Butilbrometo de Escopolamina age diretamente no local da dor, o Paracetamol age no sistema nervoso central (SNC), no cérebro, inibindo/bloqueando sinais químicos que transmitem o sinal da dor que vem do corpo até o cérebro, melhorando, diminuindo o sinal da dor, provocando alívio da mesma.

– Reações incomuns: sudorese anormal, reação cutânea (manchas na pele), prurido (coceira), náusea (enjoo), boca seca. – Reações raras: eritema (manchas vermelhas na pele), diminuição da pressão arterial incluindo choque, taquicardia (aceleração do coração). – Reações muito raras: reações graves na pele (tais como Síndrome de Stevens-Johnson, Necrólise Epidérmica Tóxica e Pustulose Exantemática Generalizada Aguda) relacionadas ao paracetamol. – Reações com frequência desconhecida: pancitopenia, agranulocitose, trombocitopenia, leucopenia (diminuição da produção de células do sangue), neutropenia (redução do número de neutrófilos, um dos tipos de glóbulos brancos do sangue que atuam na defesa imunológica), anemia hemolítica (quebra anormal de hemácias nos vasos sanguíneos), em particular em pacientes com deficiência subjacente de glicose-6-fosfato-desidrogenase, choque e reação anafilática (reação alérgica grave e aguda seguida de choque), erupção cutânea medicamentosa (vermelhidão, descamação e coceira na pele devido ao uso de medicamento), dispneia (falta de ar), hipersensibilidade (alergia), edema angioneurótico (inchaço dos lábios, língua, boca e garganta), urticária (placas elevadas na pele podendo ter coceira), rash, exantema (surgimento abrupto de manchas vermelhas na pele), broncoespasmo (estreitamento dos brônquios especialmente em pacientes com histórico de asma brônquica e alergia), aumento de transaminases (enzimas que indicam o funcionamento do fígado), hepatite citolítica (inflamação do fígado causada por medicamentos), que pode levar à insuficiência hepática aguda, retenção urinária. Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento. Para maiores informações, consulte a bula2

Buscoduo® deve ser tomado por via oral com quantidade suficiente de água. A dose recomendada para adultos é de 1 a 2 comprimidos revestidos, três vezes ao dia. A dose diária não deve ultrapassar 6 comprimidos revestidos. Não usar por mais de 3 dias, a não ser sob orientação médica. Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado. Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista. Para maiores informações, consulte a bula2.

Você não deve usar Buscoduo® se tiver alergia aos princípios ativos ou a qualquer outro componente da fórmula. Não use também se tiver miastenia gravis (fraqueza muscular grave), estenose mecânica no trato gastrintestinal (estreitamento da via gastrintestinal), íleo paralítico ou obstrutivo (não funcionamento do intestino), megacólon (dilatação do intestino grosso), insuficiência hepática grave (funcionamento deficiente do fígado). Para maiores informações, consulte a bula2.

Buscoduo® é composto por Paracetamol 500mg que é reconhecido por ser um analgésico e antipirético, pois age na dor e na febre. Contudo, além do Paracetamol, Buscoduo® possui Butilbrometo de Escopolamina 10mg, que não tem efeito sobre a febre e portanto, não é indicado para essa finalidade.

Buscoduo® pode ser encontrado nas farmácias de todas as regiões do Brasil e em cada localidade e farmácias pode apresentar um preço diferente. Consulte online para verificar o melhor preço da sua região.

Buscoduo® possui dupla ação, analgésica: pois contém 500mg de Paracetamol em sua formulação e antiespasmódica: devido ao Butilbrometo de Escopolamina 10mg.

Buscoduo® é indicado para dores moderadas e cólicas na região da barriga.

Buscopan® Composto da caixinha roxa é um dos produtos da linha Buscopan® que é indicado para dores intensas e cólicas na região da barriga. O produto é composto por Butilbrometo de Escopolamina 10mg e Dipirona 250mg e por conta desses dois fármacos, possui dupla ação: antiespasmódica e analgésica.

A Dipirona é um analgésico que é responsável pela potencialização do alívio da dor na barriga. Enquanto o Butilbrometo de Escopolamina age diretamente no local da dor, a dipirona age no sistema nervoso central (SNC). A dipirona é reconhecida como um analgésico potente para o alívio da dor que age diminuindo essa desagradável sensação em locais fora do cérebro (braços, pernas, abdômen por exemplo) que recebem esse sinal de dor e ela, a dipirona, não deixa que o esse sinal seja levado para o cérebro, aliviando/bloqueando esse estímulo da dor.

– Reações comuns (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento): hipotensão (queda da pressão), tontura, boca seca. – Reações incomuns (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): agranulocitose (ausência ou diminuição acentuada de leucócitos granulócitos, ou seja, das células brancas do sangue) incluindo casos fatais, leucopenia (baixa produção de certas células do sangue), erupção cutânea medicamentosa (reações e manchas vermelhas na pele com coceira e descamação), erupção medicamentosa fixa (reação na pele, desencadeada pelo uso do medicamento, que ocorre sempre no mesmo local), reações cutâneas (reação na pele), choque (queda grave da pressão), rubor (vermelhidão). – Reações raras (ocorre entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento): reação anafilactoide e reação anafilática (reações alérgicas graves) principalmente após administração injetável, asma em pacientes com síndrome de asma causada por analgésicos, erupção maculopapular (reação na pele semelhante ao sarampo). – Reações muito raras (ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento): trombocitopenia (diminuição de plaquetas do sangue), Necrólise Epidérmica Tóxica (condição bolhosa grave na pele com necrose e toxicidade), Síndrome de Stevens-Johnson (doença grave da pele com surgimento de bolhas, dor, febre, mal-estar geral), Insuficiência Renal Aguda (falha abrupta no funcionamento dos rins), anúria (ausência de produção de urina), nefrite intersticial (problema renal), proteinúria (proteínas na urina), oligúria (diminuição da urina), insuficiência renal (funcionamento deficiente dos rins). – Reações com frequência desconhecida: sepse (infecção generalizada grave) incluindo casos fatais, choque anafilático (choque alérgico) incluindo casos fatais principalmente após administração injetável, dispneia (falta de ar), hipersensibilidade (alergia), sudorese anormal, taquicardia, hemorragia gastrintestinal (sangramento do aparelho digestivo), retenção urinária (dificuldade para urinar), cromatúria (alteração da cor da urina), anemia aplástica (doença onde a medula óssea produz em quantidade insuficiente os glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas), pancitopenia (diminuição global de células do sangue: glóbulos brancos, vermelhos e plaquetas) incluindo casos fatais e Síndrome de Kounis (aparecimento simultâneo de problemas coronarianos agudos e reações alérgicas ou anafilactoides. Engloba conceitos como infarto alérgico e angina alérgica). Você deve interromper imediatamente o uso de Buscopan® Composto se houver piora do seu estado geral, se a febre não ceder ou reaparecer, ou se houver alterações dolorosas das mucosas oral, nasal e da garganta, e ainda se ocorrerem reações na pele. Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento. Para maiores informações, consulte a bula3.

Os comprimidos revestidos de Buscopan® Composto devem ser ingeridos inteiros por via oral com água. A dose recomendada é de 1 a 2 comprimidos revestidos de 10mg/250mg, 3 a 4 vezes ao dia. Você não deve usar o produto em altas doses ou por longo tempo, sem prescrição de um médico ou dentista. Pacientes idosos ou com distúrbios das condições gerais de eliminação de creatinina do sangue devem reduzir a dose de Buscopan® Composto. Pacientes com mau funcionamento dos rins e fígado devem evitar o uso repetido de doses elevadas, mas não há necessidade de diminuir a dose se a sua utilização for por pouco tempo. Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado. Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista. Para maiores informações, consulte a bula3.

Você não deve usar Buscopan® Composto se tiver alergia a analgésicos semelhantes à dipirona (como isopropilaminofenazona, propifenazona, fenazona, fenilbutazona), ao butilbrometo de escopolamina ou a algum outro componente do produto. Isto inclui, por exemplo, o desenvolvimento de agranulocitose (febre, dor de garganta ou alteração da boca e garganta, associados à ausência ou diminuição de células brancas no sangue) após o uso destas substâncias. O uso também não é indicado se tiver asma induzida por analgésicos, ou se desenvolver reações anafilactoides (manifestações na pele e inchaço dos lábios, língua e garganta) ou broncoespasmo (estreitamento das vias respiratórias) após tomar analgésicos (como paracetamol, salicilatos, diclofenaco, ibuprofeno, indometacina ou naproxeno). Você também não deve usar Buscopan® Composto se tiver comprometimento da medula óssea (ex.: após algum tratamento medicamentoso com agentes citostáticos, que inibem o crescimento ou a reprodução das células) ou comprometimento no sistema formador de elementos do sangue; deficiência genética da enzima glicose-6-fosfato-desidrogenase, tendo risco aumentado de alterações do sangue; porfiria hepática aguda intermitente (doença do metabolismo do sangue que provoca alterações na pele e sistema nervoso); glaucoma (aumento da pressão dentro do olho); aumento da próstata com dificuldade para urinar; estreitamento da passagem do conteúdo no estômago e intestinos; íleo paralítico ou obstrutivo (não funcionamento do intestino); megacólon (dilatação da parte final dos intestinos); taquicardia (batimentos cardíacos acelerados); miastenia gravis (doença que provoca fraqueza muscular), se estiver no terceiro trimestre de gravidez ou amamentando. O comprimido revestido de Buscopan® Composto também é contraindicado em condições hereditárias raras de intolerância à galactose. Buscopan® Composto é contraindicado a partir dos 6 meses de gravidez. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez. Para maiores informações, consulte a bula3.

Buscopan® Composto é composto por Dipirona 250mg que é reconhecido por ser um analgésico e antipirético, pois age na dor e na febre. Contudo, além a Dipirona, Buscopan® Composto possui Butilbrometo de Escopolamina 10mg, que não tem efeito sobre a febre e portanto, não é indicado para essa finalidade.

Buscopan® Composto pode ser encontrado nas farmácias de todas as regiões do Brasil e em cada localidade e farmácias pode apresentar um preço diferente. Consulte online para verificar o melhor preço da sua região.

Buscopan® Composto possui dupla ação, analgésica: pois contém 250mg de Dipirona em sua formulação e antiespasmódica: devido ao Butilbrometo de Escopolamina 10mg.

Buscopan® Composto é indicado para dores intensas e cólicas na região da barriga.