Dicas

4 dicas para cuidar da sua saúde mental

Imagem dio post 4 dicas para cuidar da sua saúde mental

Estimativas da OMS (Organização Mundial da Saúde)¹ apontam que, até 2030, a depressão deve se tornar a doença mais comum do mundo. Segundo as pesquisas, o quadro ligado à saúde mental deve superar a incidência de casos como o câncer e patologias cardíacas.

Diante de uma previsão como essa, aumenta a preocupação de cada um de nós sobre os melhores caminhos para cuidar da saúde mental.

Pensando nisso, reunimos algumas informações importantes para conhecer mais sobre o tema.Vamos te ajudar a compreender a relação do equilíbrio psíquico com práticas adotadas no dia a dia e, principalmente, por onde começar a aplicar as nossas dicas.

Boa leitura!

Qual é a importância da saúde mental?

A saúde mental é importante porque impacta diretamente a forma como pensamos, sentimos e reagimos a estímulos externos. Isso significa que seus diferentes espectros nos ajudam a lidar com situações de estresse, a construir relacionamentos interpessoais e a fazer escolhas saudáveis.²

Por ser o fio condutor de muitos de nossos comportamentos e elaborações, a saúde mental torna-se importante ao longo de todo o nosso ciclo de vida, ou seja, da infância até a vida adulta.

Também é essencial destacar que o equilíbrio entre a saúde física e mental é vital. Não por acaso, patologias relacionadas à mente, como a depressão, aumentam o risco de diversos tipos de quadros relacionados à saúde física, como diabetes, doenças cardíacas e derrames.

O contrário também procede: indivíduos com condições crônicas de saúde física podem desenvolver doenças mentais de forma associada.3

O que pode afetar a saúde mental?

Não existe uma causa única para a doença mental. Vários fatores podem contribuir para o risco de doença mental, como 4:

  • Fatores biológicos ou desequilíbrios químicos no cérebro;
  • Experiências de vida adversas precoces, como trauma ou histórico de abuso (por exemplo, abuso infantil, agressão sexual, testemunho de violência, etc.);
  • Descoberta e vivência de condições médicas contínuas (crônicas), como câncer ou diabetes;
  • Uso excessivo de álcool ou drogas;
  • Ter sentimentos de solidão ou isolamento (o que nos ajuda a compreender o aumento nos números relativos a questões de saúde mental pós-pandemia);

Como cuidar da saúde mental?

A OMS defende que o status de pessoa saudável não se define apenas pela ausência de doenças em um indivíduo. Além disso, é preciso que haja equilíbrio entre diferentes aspectos, como o físico, o social e o mental 5.

Por isso mesmo, mais do que cuidar da forma como você lida com suas emoções e reage a estímulos sociais, há aspectos externos que influenciam fortemente na saúde mental.

Alguns deles são:

Educação e saúde mental

De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais, a saúde deve ser uma temática transversal nas escolas.

Isso significa que as instituições podem promover a popularização de conhecimentos sobre o assunto por meio da organização de campanhas, seminários, trabalhos artísticos, divulgando informações ou utilizando materiais educativos produzidos pelos serviços de saúde.

Também tramita no Congresso Nacional um Projeto de Lei cujo objetivo é instituir uma semana dedicada à saúde mental nas escolas de educação básica.

Saúde mental e alimentação

A alimentação tem relação direta com a saúde mental. Isso porque muitas pessoas associam a alimentação a sensações como “alívio”, “descarga emocional” ou a “recompensa”. Em situações como essas, a tendência é consumir alimentos hipercalóricos, ricos em açúcar, gordura e aditivos pouco saudáveis.6

Dentre outros impactos negativos, a ingestão de alimentos com essas características promove processos inflamatórios no corpo.

Tais reações impactam o sistema nervoso central e o trato digestivo (responsável pela produção de quase 90% da serotonina, um dos nossos principais moduladores naturais de humor)6, interferindo diretamente na saúde mental.

Trabalho e saúde mental

O ambiente profissional pode impactar a saúde mental ao promover diferentes situações, tais como:5

  • pressão excessiva para o cumprimento de metas;
  • alto volume de horas extras;
  • mudança na hierarquia;
  • assédio moral;
  • conflito entre equipes e colegas de trabalho;
  • etc.

4 dicas para manter a saúde mental em dia

A adoção de algumas práticas na rotina pode ajudar a manter a saúde mental equilibrada. Dessa forma, fica mais fácil contornar adversidades cotidianas e superar situações difíceis.

Veja, a seguir, 4 pontos-chave para entender como cuidar da saúde mental.

1 - Atividade física diminui o estresse

De acordo com a OMS 7, indivíduos moderadamente ativos já têm menos probabilidade de desenvolver transtornos mentais do que aqueles que não praticam nenhuma atividade física.

Além disso, o sedentarismo pode influenciar o desenvolvimento de questões relacionadas a:

  • autoestima;
  • autoimagem;
  • ansiedade;
  • estresse;
  • aumento do risco de doenças como Alzheimer e Parkinson.

Por isso, realizar atividades físicas regularmente é fundamental. Além de contribuir para uma melhor aptidão física, a prática de exercícios contribui diretamente com a capacidade cognitiva e a redução dos níveis de estresse e ansiedade7.

2- Cuidar da alimentação é cuidar da saúde mental

Nos últimos anos, os nutricionistas têm incentivado o cultivo de plantas, hortas, pomares e jardins em residências. A produção do alimento orgânico proporciona o bem-estar a partir do contato com a natureza, a ocupação do tempo e, sem sombra de dúvidas, a conscientização ambiental e social.8

3- Noites mal dormidas têm impacto negativo

O sono desempenha um papel fundamental nas funções comportamentais, sendo essencial como conservação de energia, eliminação de resíduos cerebrais, desempenho e qualidade no estado psicológico.

Pesquisas mostram que cerca de 75% dos pacientes deprimidos têm dificuldades para dormir ou enfrentam quadros de insônia 9.

Além disso, a pesquisa conclui que a privação de sono potencializa os riscos de desenvolver depressão — o que reforça a profunda conexão entre sono e saúde mental.

4 - Meditar ajuda a diminuir a ansiedade

A meditação é conhecida por ser uma prática de autorregulação do corpo e da mente. Dentre suas características, podemos destacar a aplicação de um conjunto de técnicas que treinam a focalização da atenção10.

Dessa forma, o treinamento mental, outro nome dado para a meditação, é capaz de produzir efeitos psicossomáticos que levam à diminuição do pensamento repetitivo e à reorientação cognitiva, desenvolvendo habilidades para lidar com os pensamentos automáticos10.

A técnica também pode auxiliar a produzir respostas físicas e psicológicas que ajudam a prevenir condições resultantes dos efeitos do estresse, no manejo de patologias já estabelecidas, assim como na promoção da saúde mental10.

Agora você já sabe como buscar o equilíbrio em sua saúde mental a partir de práticas incorporadas na rotina cotidiana. Que tal continuar aprendendo sobre bem-estar? Acompanhe as publicações em nosso blog!

1. World Health Organization. EXECUTIVE BOARD EB130/9 130th session 1 December 2011 Provisional agenda item 6.2 [Internet]. 2011 Dec. Disponível em: https://apps.who.int/gb/ebwha/pdf_files/EB130/B130_9-en.pdf Acesso em dezembro de 2022.2. World Health Organization. Mental health: strengthening our response [Internet]. Who.int. World Health Organization: WHO; 2018. Disponível em: https://www.who.int/en/news-room/fact-sheets/detail/mental-health-strengthening-our-response Acesso em dezembro de 20223. NIMH» Chronic Illness & Mental Health [Internet]. www.nimh.nih.gov. Disponível em: https://www.nimh.nih.gov/health/publications/chronic-illness-mental-health Acesso em dezembro de 20224. CDC. Learn About Mental Health - Mental Health - CDC [Internet]. www.cdc.gov. 2018. Disponível em: https://www.cdc.gov/mentalhealth/learn/index.htm#:~:text=Mental%20health%20includes%20our%20emotional Acesso em dezembro de 20225. Saúde mental em dia: veja dicas de como cuidar do seu bem-estar [Internet]. Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares. Disponível em: https://www.gov.br/ebserh/pt-br/hospitais-universitarios/regiao-nordeste/hupes-ufba/comunicacao/noticias/saude-mental-em-dia-veja-dicas-de-como-cuidar-do-seu-bem-estar Acesso em dezembro de 20226. Redação. O que a alimentação tem a ver com saúde mental? [Internet]. Forbes Brasil. 2022 [cited 2022 Dec 26].Disponível em: https://forbes.com.br/forbessaude/2022/04/arthur-guerra-o-que-a-alimentacao-tem-a-ver-com-saude-mental/ Acesso em dezembro de 20227. Benefícios do esporte para a saúde mental [Internet]. Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo. 2021. Disponível em: https://www.desenvolvimentosocial.sp.gov.br/beneficios-do-esporte-para-a-saude-mental/ Acesso em dezembro de 20228. BVMS. Alimentação saudável [Internet]. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/alimentacao_saudavel.pdf Acesso em dezembro de 20229. Cheng W, Rolls ET, Ruan H, Feng J. Functional Connectivities in the Brain That Mediate the Association Between Depressive Problems and Sleep Quality. JAMA Psychiatry. 2018 Oct 1;75(10):1052.10. Menezes CB, Dell’Aglio DD. Os efeitos da meditação à luz da investigação científica em Psicologia: revisão de literatura. Psicologia: ciência e profissão [Internet]. 2009 Jun 1;29(2):276–89. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932009000200006 Acesso em dezembro de 2022