Dicas

Como identificar e cuidar do cansaço mental?

Imagem dio post Como identificar o cansaço mental?

Você já se sentiu esgotado mentalmente? Passou por um período de desequilíbrio, acompanhado por uma sensação de desgaste que perdurou por mais de um dia? Se a resposta for sim, não se preocupe. Pesquisas apontam que o cansaço mental fez parte da rotina de metade dos brasileiros em 2022.

O estudo em questão, encomendado pela Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos (Abrata), revelou mais. As mulheres são maioria no grupo, representando 57% dos entrevistados que declararam ter passado por momentos de estresse extremo.

Quer entender mais sobre o quadro presente na realidade de tantos brasileiros? Então continue a leitura. Nas próximas linhas, você vê tudo o que preparamos sobre cansaço mental: conceito, causas e dicas para evitar.

O que é cansaço mental?

Cansaço mental é o nome dado ao processo de desgaste que acontece em razão do estresse e de um elevado volume de informações recebido pelo nosso cérebro

Trata-se de um estado psicobiológico ocasionado por longos períodos com alto volume de atividade cognitiva. Quem sente cansaço mental, em geral, o reconhece como “exaustão” e “falta de energia”. ²

É importante ter em mente que o estado de esgotamento mental tem relação próxima com o quadro de estresse. Este, por sua vez, representa uma reação natural do organismo a situações de perigo ou ameaça.

Quando o estresse persiste e atinge níveis elevados, ele pode levar à fase de exaustão.5

Causas do cansaço mental

Um dos responsáveis pelo aumento da cansaço mental tem nome e sobrenome: Síndrome de Burnout.

De acordo com a classificação do Ministério da Saúde ³, o Burnout é um distúrbio emocional com sintomas de exaustão extrema, estresse e esgotamento físico no ambiente de trabalho.

Ele é ocasionado, em geral, pelo excesso de atividades laborais. Por isso, é bastante comum entre pessoas que atuam em ambientes de pressão e alto nível de responsabilidade, como os profissionais da saúde.

Aliás, um estudo realizado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul indicou que, nessa área de atuação, o Burnout e o estresse fazem parte da rotina dos profissionais. Veja a seguir alguns dos resultados encontrados 4:

  • Técnicos de enfermagem (201 profissionais entrevistados): 68,2% com alto nível de burnout e 68,7% com depressão clinicamente significativa;
  • Médicos (346 profissionais entrevistados): 45,6% com alto nível de burnout e 42,9% com depressão;
  • Enfermeiros (150 profissionais entrevistados): 60% com alto nível de burnout e 55,9% com depressão;
  • Psicólogos (126 profissionais entrevistados): 39,7% com alto nível de burnout e 33,6% com depressão.

Situações como a pandemia do novo coronavírus, cujo ápice ocorreu em 2020 e 2021, são exemplos de gatilhos que podem levar os profissionais a quadros de profunda estafa, caracterizados como Burnout.

Quais os sintomas de cansaço mental?

Seja qual for sua área de atuação ou intensidade da jornada de trabalho, o cansaço mental pode ser uma realidade.

Caso identifique algum dos sintomas abaixo, redobre a atenção. Isso porque eles podem ser os primeiros sinais de quadros graves de estresse ou Burnout.

Veja a seguir alguns dos comportamentos e sintomas que caracterizam quadros de exaustão mental, estresse e Síndrome de Burnout: ³

  • Dor de cabeça frequente;
  • Dificuldades de concentração;
  • Cansaço físico e mental constante;
  • Negatividade;
  • Mudanças no apetite;
  • Insônia;.
  • Pressão alta.
  • Dores musculares.
  • Problemas gastrointestinais;
  • Dor na barriga;
  • Oscilações nos batimentos cardíacos.
  • Sentimentos de fracasso e insegurança;
  • Falta de vontade de sair da cama ou de casa;
  • Sensação de incompetência;
  • Alterações repentinas de humor;
  • Tendência ao isolamento.

O que o cansaço mental pode causar?

O cansaço pode parecer inofensivo. Mas se não for observado com atenção e diagnosticado com ajuda médica, pode levar a quadros mais graves.

Em alguns casos, a estafa gera hipertensão, gastrite, baixa imunidade entre outras patologias 6.

Além disso, o cansaço mental, provocado pela intensidade do ritmo de trabalho. pode provocar o surgimento do Burnout, gerando lapsos de memória, apagões e até impotência para executar as tarefas mais simples.

Quando ignorado, o quadro de Burnout pode ocasionar um estado de depressão profunda, o que potencializa a importância da busca por apoio profissional logo quando percebidos os primeiros sintomas 6.

Como aliviar o cansaço mental?

Adotar práticas rotineiras saudáveis ajuda a entender como acabar com o cansaço mental. Afinal, um dos caminhos para sentir alívio no quadro é reconhecer e tratar sinais e sintomas logo em suas primeiras manifestações.

Sendo assim, ao se perceber em situações de elevado estresse ou desequilíbrio emocional, coloque em prática nossas dicas para melhorar cansaço mental:

  • Descanse adequadamente (no mínimo 8 horas diárias de sono)³;
  • Fuja da rotina com atividades de sua preferência;
  • Divirta-se e coloque leveza nos seus dias;
  • Estabeleça limites que facilitem o seu gerenciamento de atividades no trabalho e em casa;
  • Faça atividades físicas regularmente;
  • Em momentos de elevado cansaço, evite o consumo de bebidas alcoólicas e tabaco;
  • Procure acompanhamento psicológico para compreender e trabalhar seus sentimentos.6

Caso perceba desconfortos corporais, como dores na barriga, musculares ou de cabeça, busque medicamentos antiespasmódicos e analgésicos para aliviar os sintomas. Entre em contato com o seu médico de confiança e cuide-se com antecedência!