Pediátrico

Qual é o melhor remédio para cólica de criança?

Imagem dio post Imagem do post Qual é o melhor remédio para cólica de criança?

É bastante comum que recém-nascidos e bebês até o sexto mês de vida sintam desconfortos e dores na barriga recorrentemente. Esse fenômeno pode assustar os pais mais desavisados, mas ele é natural e extremamente comum, além de existir tratamento e remédio para cólica de criança.

Essa dor na barriga constante em crianças de poucos meses acontece por elas terem um sistema gastrointestinal ainda muito imaturo ou por causa da entrada de ar em virtude da boca abertura durante a amamentação, o que provoca o acúmulo de gases no abdome. ¹

Mas, afinal, como minimizar o desconforto dos pequenos e saber qual é o melhor remédio para cólica de criança? Confira o conteúdo para descobrir essas e outras respostas!

Qual o melhor remédio para cólica de criança?

O desconforto na barriga de bebês durante os primeiros meses de vida tem como principais sintomas as cólicas e a flatulência.

Nesse caso, um excelente remédio para cólica de criança é o Buscopan Pediátrico. Ele é um antiespasmódico com 10mg/ml de Butilbrometo de Escopolamina em sua composição. ²

Esse medicamento proporciona alívio rápido e prolongado de dores na região abdominal por meio do relaxamento das fibras musculares lisas do trato gastrointestinal. Ele controla os espasmos que geram dores e desconforto na região. ²

O Buscopan Pediátrico, no caso, é indicado para crianças de pelo menos um ano de vida ou conforme orientação médica.²

Nesse contexto, é válido ressaltar que o Buscopan Pediátrico pode ser utilizado tanto por crianças, como por adultos que desejam aliviar sintomas leves de dores na barriga. ²

Como crianças de um ano, que ainda estão desenvolvendo os seus dentinhos, tem dificuldade em ingerir comprimidos e drágeas, o medicamento em gotas pode ser mais facilmente administrado pelos pais. O tempo para o remédio fazer efeito varia entre 20 e 80 minutos. E sua posologia é a seguinte:

  • Crianças de 1 a 6 anos:  10 a 20 gotas (5-10 mg), 3 vezes ao dia;
  • Crianças a partir de 6 anos: 20 a 40 gotas (10-20 mg), 3 a 5 vezes ao dia. ²

Esse remédio é indicado para tratar sintomas de cólicas gastrintestinais (estômago e intestinos), cólicas e movimentos involuntários anormais das vias biliares e cólicas dos órgãos sexuais e urinários das crianças. ²

Além disso, o que diferencia o Buscopan Pediátrico dos demais analgésicos infantis é que ele tem ação direta no local onde a cólica se desenvolve. Outro diferencial é sua formulação livre de corantes e lactose, substâncias que são comuns em alguns analgésicos infantis.²

O que fazer quando a criança está com cólica?

Além de administrar um bom remédio para cólica de criança, qual outra atitude pode ser benéfica para aliviar as dores do paciente? Aqui entra a importância da massagem.

Existem técnicas específicas de massagem que devem ser repassadas aos pais ou outros responsáveis de um recém-nascido em virtude da dor na barriga constante em crianças dessa idade. Às vezes, um breve movimento na barriguinha já pode ser um ótimo remédio para cólica de criança.5

Algumas dicas valiosas de massagem são as seguintes:

  • Faça movimentos relaxantes no sentido horário;
  • Utilize compressas de água morna com ervas para relaxar as contrações espasmódicas;
  • Ajude a criança a movimentar as pernas como se ela estivesse pedalando para facilitar a liberação dos gases.6

Por fim, é importante reforçar novamente que esses procedimentos devem ser ensinados e repassados aos responsáveis da criança pelo médico ou equipe de enfermagem. Não é recomendada a administração de medicamentes ou chá de ervas sem a devida avaliação e recomendação por parte de um profissional de saúde.5

A família representa a primeira etapa de apoio e cuidados na saúde da criança. Portanto, ela deve estar devidamente capacitada e preparada para lidar com situações esperadas, como é o caso das dores e desconfortos na barriga.5

Como saber se a criança está com cólica?

Já sabe qual o melhor tratamento e remédio para cólica de criança? Maravilha! Mas, afinal, como saber se a criança está com cólica?

O sinal mais importante é o choro. Muitos pais podem se sentir frustrados por verem o bebê chorar, mas sem conseguir identificar a causa do problema. Isso pode criar até anseios irreais de que o choro seja decorrente de alguma falha ou displicência no cuidado.

Entretanto, o motivo do choro pode ser simplesmente a dor decorrente das cólicas. Mas esse não é o único motivo que faz uma bebê chorar, não é mesmo? Então como saber exatamente que ele chora por causa da cólica?

Já que crianças de colo ainda não sabem se expressar verbalmente e que 80% das causas do choro de um bebê dessa idade estão relacionadas à fome, uma ótima sugestão é oferecer leite materno para saciar o desejo da criança. Caso isso não seja o suficiente e ele continue chorando, há então grande possibilidade de o sofrimento ser resultado da cólica.6

Outra forma de identificar é reparando se o bebê com algum desses processos:

  • Atividades motoras contraídas;
  • Pernas elevadas;
  • Abdômen distendido;
  • Excessiva eliminação de gases5

Identificado o problema, você pode buscar recomendações médicas de qual melhor medicamento dar para o bebê, isso se ele for menor de um ano. Observe também se a criança não está sendo submetida a superdosagens ou à administração do medicamento por um longo período.

Afinal, caso os sintomas permaneçam, um médico deve ser consultado para fazer uma avaliação mais completa e realizar um diagnóstico mais elaborado para, assim, indicar um tratamento mais assertivo.

Aprendeu o que fazer quando a criança está com cólica? Para mais dicas que nem essa de saúde, fique de olho nas publicações do blog do Buscopan! Até a próxima!