Dor na Barriga

Excesso de gases no estômago: o que causa e como acabar com eles?

Imagem dio post excesso de gases no estômago

A produção de gases é um efeito natural do processo de digestão, assim como as formas como os eliminamos, seja pelo arroto (eructação) ou pelo reto (flatulência), também é algo fisiologicamente normal. Porém, o excesso de gases no estômago pode causar uma série de desconfortos.1

Como todo sintoma frequente, é essencial conhecer e avaliar quais são os sintomas dos gases, o que causa o excesso dos mesmos no estômago e, consequentemente, tomar as medidas necessárias para acabar com eles. 1

Geralmente, a dor e a cólica acontecem quando os gases ficam presos ou não se movem naturalmente pelo sistema digestivo para serem eliminados. 1

Por isso, observar os sinais que aparecem constantemente e se elas passam rápido ou persistem, mesmo com a ajuda de um medicamento, é importante. 1

Quer entender mais sobre excesso de gases no estômago? Continue lendo este artigo e entenda os principais pontos desse quadro e como proceder. 1

Boa leitura! 

O que são os gases no estômago?

Os gases no estômago são produzidos pela digestão dos alimentos ou quando engolimos ar durante as refeições, pela mastigação de chicletes, ao fumar cigarro ou ao tomar bebidas gaseificadas.

Esses gases possuem vapores inodoros, ou seja, não têm cheiro. No estômago, predomina o oxigênio e o nitrogênio, mas também são encontrados dióxido de carbono (CO2), metano (CH4) e hidrogênio (H2). 1

Quando o gás possui um cheiro identificável, é possível que exista algum tipo de bactéria no estômago causando o mau hálito. 1

Mas se é natural produzir, o que causa o excesso de gases no estômago, não é mesmo? Entenda no próximo tópico. 1

O que causa excesso de gases? 

As causas do excesso de gases no estômago estão relacionadas a uma série de fatores como. Conheça os principais:

Engolir o ar em excesso

A principal causa do excesso de gases no estômago é engolir o ar. Mas quando isso acontece? Alguns hábitos que contribuem para engolir mais ar são 1:

  • tomar bebidas com gás (refrigerantes, principalmente); 1
  • comer rápido demais; 1
  • beber líquidos com canudo; 1
  • mascar chiclete ou mastigar doces com frequência; 1
  • falar enquanto mastiga. 1

Grande parte dos gases estomacais é liberada ao arrotar, mas se os gases ficam “presos” ou não circulam pelo trato digestivo, eles causam dores bastante incômodas que atrapalham a rotina. 1

Ingerir alimentos que tendem a produzir gás

Outro fator que gera excesso de gases no estômago é a alimentação. Então, não é apenas como, mas também o que comemos que contribui para aumentar a formação dos gases. 1

O destaque vai para os alimentos ricos em fibras 1 e carboidratos, que têm uma tendência maior de produzir gás na digestão. São eles:

  • feijão e ervilha; 1
  • frutas (banana, uva, maçã, manga); 1
  • vegetais (brócolis, couve-flor, cebola, repolho, alho, aspargos); 1
  • grãos integrais (farelo de aveia, arroz, integral, grão de bico, quinoa) ; 1
  • leite e derivados; 1
  • ovos, entre outros. 1

É importante ressaltar que esses alimentos podem ser bem tolerados por algumas pessoas e outras não. Por isso, é preciso observar as reações ao consumi-los, pois as fibras são importantes para o bom funcionamento do intestino e para a regulação dos níveis de açúcar no sangue e do colesterol. 1

Ter alguma doença gastrointestinal

O excesso de gases no estômago também pode estar relacionado a doenças gastrointestinais que também causam inchaço abdominal e dor de gases. 1

Em doenças intestinais crônicas como diverticulite, colite ulcerativa ou doença de Crohn, o excesso de gases é um sintoma frequente. 1

Quando existe um crescimento ou alteração na flora bacteriana do estômago ou do intestino delgado, também se forma o excesso de gases, além de perda de peso e quadros de diarreia. 1

Em pessoas com doença celíaca (glúten) ou com intolerância à lactose (açúcar do leite), o sistema digestivo não consegue decompor e absorver esses nutrientes, o que causa excesso de gases no estômago e inchaços. 1

Quais são os principais sintomas de gases? 

A sensação constante de inchaço e desconforto na barriga, arrotos frequentes e dor/cólica abdominal são os principais sintomas do excesso de gases no estômago. 1

Pode ser desconfortável, especialmente em público, mas arrotar é normal, principalmente durante ou logo após uma refeição. Em média, exalamos gases pelo arroto até 20 vezes por dia 1.

Quando esses sintomas persistem, é importante consultar um gastroenterologista, o médico especialista no aparelho digestivo. 1

Como acabar com os gases?

A dor/cólica causada pelo excesso de gases no estômago pode ser aliviada com o auxílio de medicações específicas para dores na barriga. 2

O Buscopan da caixinha verde é uma alternativa para ajudar em quadros de dor leve e cólica na região e pode ser consumido por crianças acima de 6 anos e adultos. 2

Ele promove alívio rápido e prolongado devido a ação do butilbrometo de escopolamina, que começa a atuar no aparelho digestivo rapidamente depois de ingerido. 2

Existe a versão em comprimido e em gotas do medicamento e a não ser que o médico prescreva de maneira diferente, a dose recomendada para adultos e crianças acima de 6 anos é de 1 a 2 drágeas (10-20 mg), 3 a 5 vezes ao dia 2

Lembrando que Buscopan não acaba com os gases, mas sim com a dor na barriga causada por eles.

Caso as dores e os outros sintomas persistam, mesmo utilizando uma medicação para auxiliar, é importante procurar o médico para a realização de exames que confirmem ou descartem quadros mais graves. 2

Também pode ser necessário fazer ajustes na alimentação, substituindo os alimentos propensos a causar excesso de gases no estômago, além de mudar hábitos e se alimentar com calma, evitando consumo de líquidos gasosos e outros durante as refeições. 2  

Fazer uma massagem local ou o tomar um medicamento antiflatulento também ajuda no alívio dos gases.

Bebê com dor na barriga? Vai de Buscopan Gotas

ONDE COMPRAR

Há mais de 50 anos atuando contra a dor na barriga, Buscopan é o medicamento para dores na barriga mais prescrito pelos médicos1.

É especialista em dor na barriga porque possui o ativo específico que age no local das contrações, aliviando a dor.

Indicado para dores na barriga leves, Buscopan da caixinha verde, é adequado para crianças acima de 6 anos e adultos. Mais informações sobre o produto, você confere na bula de Buscopan.

Buscopan. butilbrometo de escopolamina. Indicações: tratamento dos sintomas de cólicas estomacais e intestinais, cólicas e movimentos involuntários anormais das vias biliares e cólicas dos órgãos sexuais e urinários. MS 1.7817.0890. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. 07/2022.
Referências Consultadas:
  1. 1. IQVIA PMB MAT JAN/22
  2. 2. Bula do Produto Buscopan