Bem estar

O que a ansiedade pode causar no corpo? Conheça os sintomas

Imagem dio post o que a ansiedade pode causar no corpo

Todos os seres humanos vivenciam a ansiedade de forma mais ou menos intensa e com frequência diferente ao longo da vida. Além do impacto emocional, também é possível perceber o que a ansiedade pode causar no corpo1

Para isso, é necessário ter mais atenção e entendimento sobre essa emoção para identificar os sintomas gerados e os momentos em que eles surgem. 1

No auge de um episódio de ansiedade, pode ser difícil captar todos os efeitos, mas, como alguns sinais tendem a ser recorrentes, fica mais fácil identificá-los. 1

Neste artigo, falamos sobre o que a ansiedade pode causar no corpo e as alternativas para tratar os sintomas físicos e emocionais. Continue lendo e confira!

O que é ansiedade?

A ansiedade é considerada uma vivência humana universal 1, ou seja, todos nós a sentimos em episódios nos quais lidamos com medo e com outros estados de ânimo ou emocionais. 

Nem sempre é fácil definir realmente a sensação, uma vez que cada pessoa a vivencia de forma muito particular. Mas de maneira informal, alguns termos utilizados para descrevê-la são 2:

  • aflição; 2
  • angústia; 2
  • perturbação causada pela incerteza; 2
  • associação a contextos de perigo, etc.  2

É válido ressaltar também que a ansiedade não é exclusivamente negativa, ela pode ser benéfica. Isso vai depender do quão intensa ela for e das circunstâncias que a desencadeiam. 2

Dessa forma, o que a ansiedade pode causar no corpo tem a possibilidade de estar ligada a uma questão patológica que vai afetar tanto o funcionamento psíquico (mental) quanto o funcionamento somático (corporal) 2.

A ansiedade é comum atualmente? 

Não é à toa que existe o interesse em saber o que a ansiedade pode causar no corpo. Essa sensação tem sido bem mais comum atualmente, principalmente com a chegada da pandemia. 3

A covid-19 e todas as mudanças provocadas pelo período de quarentena, como isolamento social, medo da contaminação, trabalho de casa, impossibilidade de trabalhar, perdas de entes queridos e problemas financeiros impactaram a saúde mental da população mundial.  3

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), foi registrado um aumento de 25% na prevalência de quadros de ansiedade e depressão globalmente 3 desde o início da pandemia em 2020.

O diretor geral da OMS, Tedros Adhanom, declarou que “este é um alerta para que todos os países prestem mais atenção à saúde mental de suas populações”. 3

Leia também: 4 dicas para cuidar da sua saúde mental.

O que a ansiedade pode causar no corpo?

Mas, afinal, o que a ansiedade pode causar no corpo exatamente? Se a ansiedade considerada natural é útil para nos ajudar a lidar com uma situação específica, a ansiedade extrema gera consequências que podem debilitar a saúde em longo prazo 1.

Listamos abaixo alguns sintomas principais que podem ajudar a identificar um episódio de ansiedade patológica e a recorrência dos sintomas. 1

Esses efeitos da ansiedade são informações valiosas na hora de buscar tratamento com profissionais, quando necessário, e conseguir explicar o que você sente. Conheça cada uma a seguir: 1

Hiperatividade autonômica

A hiperatividade autonômica são manifestações controladas pelo sistema nervoso autônomo, como: 1

  • taquicardia (aceleração dos batimentos cardíacos); 1
  • boca seca; 1
  • náusea; 1
  • urgência miccional (vontade incontrolável de urinar); 1
  • mal-estar abdominal ou diarreia; 1
  • calafrios; 1
  • ondas de calor. 1

Hiperpneia e hiperventilação

A hiperpneia é a aceleração e intensificação da respiração, o que causa a hiperventilação, ou seja, falta de ar ou de dificuldade de respirar e a tentativa de compensar essa sensação. 1

Esses dois sintomas estão relacionados ao que a ansiedade pode causar no corpo e também levam a outros como: 1 

  • parestesias (sensação de formigamento ou dormência nas mãos, pés, pernas, braços, boca e orelhas); 1
  • vertigens; 1
  • dor/pressão no peito; 1
  • desrealização e despersonalização (distanciamento do próprio corpo, sensação de ser um observador externo). 1

Aumento da tensão muscular

A sensação de tensão é outro sintoma que a ansiedade pode causar no corpo, algo que é bastante comum de perceber quando estamos em alguma situação de medo, perigo ou até em um evento social cheio, por exemplo. Em conjunto, também é possível sentir: 1

  • dificuldade para relaxar; 1
  • tremores; 1
  • dores abdominais ou inespecíficas; 1
  • espasmos musculares. 1

Alterações comportamentais

A ansiedade também pode causar no corpo algumas alterações comportamentais como:

  • inquietação; 1
  • esquiva (evitar contato interpessoal); 1
  • obsessões e compulsões (exemplo: TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo);1
  • irritabilidade; 1
  • apreensão. 1

Dificuldades em atividades do cotidiano

Outros sintomas que a que a ansiedade pode causar no corpo geram dificuldades em atividades do dia a dia como: 1

  • dificuldade para dormir (insônia); 1
  • sobressaltos frequentes; 1
  • baixa concentração; 1
  • queda no rendimento intelectual. 1

Leia também: Como identificar o cansaço mental?

Como tratar a ansiedade?

Além de saber quais são os piores sintomas da ansiedade no corpo, é importante buscar apoio médico para tratá-la, pois quando a sensação é excessiva, desproporcional, desadaptativa ou leva a um sofrimento intenso 1, ela pode estar associada a um quadro patológico.

Dessa forma, o tratamento pode incluir medicamentos específicos, psicoterapia ou ainda conciliar ambos para que o paciente retome suas atividades 2.

Em sintomas ocasionais causados por algum episódio específico, como uma apresentação de trabalho, entrevista de emprego ou até uma viagem, é comum a ansiedade gerar dores na barriga. 2

Para auxiliar o alívio desse tipo de ansiedade, medicamentos específicos para dores abdominais podem auxiliar a relaxar e cumprir com os compromissos. 2

O Buscopan é um exemplo dessa categoria, pois ele relaxa os espasmos musculares dos órgãos abdominais agindo somente onde ocorrem dores e cólicas. O alívio proporcionado é rápido e de forma prolongada depois de ingerido 5

É importante ressaltar aqui que medicamentos como o Buscopan não tratam a ansiedade em si, sua ação será nos sintomas como dor e cólica causadas pelo quadro. 5

Então, é importante procurar orientação médica se perceber que a ansiedade está interferindo no seu dia a dia e na sua saúde. 5

Seja qual for a sua dor na barriga, Vai de Buscopan

Buscopan é a única marca com portfólio completo para cada intensidade de dor na Barriga1. Além disso, todos os produtos da linha possuem o ativo específico (butilbrometo de escopolamina) para o tratamento das cólicas e dores na barriga.

  • Buscopan: versão tradicional da caixinha verde, traz alívio rápido e prolongado e é indicado para dores leves e cólicas na região da barriga2. Saiba mais do Buscopan.
  • Buscopan Gotas: possui a mesma fórmula do Buscopan comprimido, mas na versão gotas. Indicado principalmente para crianças e grávidas3 (desde que indicado por um médico). Conheça o Buscopan Gotas para cuidar da cólica do seu bebê!
  • Buscoduo: além do Butilbrometo de escopolamina, essa versão da caixinha laranja de Buscopan possui Paracetamol em sua composição, aliviando cólicas e dores na barriga moderadas4. Veja mais informações sobre o Buscoduo!
  • Buscopan Composto: o princípio ativo do Buscopan da caixinha roxa é uma combinação de Butilbrometo de escopolamina com Dipirona, ou seja, ele possui ação analgésica e antiespasmódica, ideal para combater dores intensas na barriga5. Entenda o funcionamento de Buscopan Composto.

Buscopan. butilbrometo de escopolamina. Indicações: tratamento dos sintomas de cólicas estomacais e intestinais, cólicas e movimentos involuntários anormais das vias biliares e cólicas dos órgãos sexuais e urinários. MS 1.7817.0890. Buscoduo. butilbrometo de escopolamina e paracetamol. Indicações: tratamento dos sintomas de cólicas, dores e desconforto na barriga. MS 1.7817.0889. Buscopan composto. butilbrometo de escopolamina e dipirona. Indicações: tratamento dos sintomas de cólicas intestinais, estomacais, urinárias, das vias biliares, dos órgãos sexuais femininos e menstruais. MS 1.7817.0891. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. 07/2022.
Referências Consultadas:
  1. 1. IQVIA PMB MAT JAN/22
  2. 2. Bula do produto Buscopan
  3. 3. Bula do Produto Buscopan Gotas
  4. 4. Bula do produto Buscoduo
  5. 5. Bula do produto Buscopan Composto