Cólicas

O que é bom para cólica? Descubra como aliviar o sintoma

Imagem dio post o que é bom para cólica

As mulheres passam por episódios de cólicas com mais frequência, principalmente durante o período menstrual, mas o sintoma está presente em problemas de saúde que afetam a todos. Por isso, saber o que é bom para a cólica ajuda a ter os primeiros cuidados com segurança.

Isso porque uma cólica menstrual muito forte, por exemplo, é um alerta para mais investigação, pois o desconforto impede que muitas mulheres tenham uma rotina normal.

Continue a leitura do artigo para conhecer os tipos de cólicas, o que é bom para aliviar o sintoma e alimentos que ajudam a evitá-las.

Quais são os tipos de cólica?

Os principais tipos de cólica são: biliar, intestinal, menstrual e renal. O sintoma pode ser passageiro ou persistente. Então, reparar o foco da dor e quando ela aparece é fundamental para relatar ao médico.

Conheça as características de cada tipo a seguir:

Cólica biliar

A cólica biliar surge quando os cálculos na vesícula passam para o ducto cístico ou biliar e bloqueiam a saída de bile. Isso faz o órgão inchar, causando dor no quadrante superior direito do abdômen, abaixo das costelas, que pode irradiar para o ombro direito1 2.

O desconforto aumenta de intensidade, geralmente acompanhado de náuseas e vômitos. Em 70% dos episódios, a cólica ocorre após alimentação, sendo que de 20% a 40% das pessoas têm complicações. Quando o bloqueio persiste e causa inflamação, a vesícula é removida1 2.

Cólica intestinal

A cólica intestinal pode ser um sintoma passageiro, causado pelo consumo de certos alimentos, gases, infecção/intoxicação alimentar ou dieta pobre em fibras, mas também é um sinal de doenças inflamatórias intestinais3 4.

A dor é na parte inferior do abdômen e a intensidade varia entre leve e moderada. Se o sintoma for persistente e não aliviar com as soluções indicadas para cólica, é preciso investigar a causa para tratá-la e, assim, aliviar o sintoma3 4.

Cólica menstrual

A cólica menstrual acontece com 50% das mulheres em idade reprodutiva. Por isso, é considerada um sintoma comum, ou seja, não é indício de doença. A dor se localiza principalmente na região pélvica1.

Porém, a cólica menstrual muito forte interfere na rotina de 10% das mulheres1. Nesses casos, o recomendado é investigar a possibilidade de alguma doença, como endometriose, mioma, doença inflamatória pélvica, entre outras.

Leia mais: Por que sentimos cólica menstrual? Sintomas + como aliviar.

Cólica renal

Similar ao que acontece na vesícula, a cólica renal acontece quando as pedras bloqueiam partes do sistema urinário como rins, ureteres, bexiga ou uretra. A movimentação dos cálculos renais causa dor intensa, aguda e que vem em ondas6.

Os pontos focais são na parte inferior e lateral das costas (onde ficam os rins) ou na parte inferior do abdômen (na bexiga). Muitas pessoas afirmam que é a pior dor do mundo e, dependendo do quadro, o sintoma é realmente forte e requer atendimento médico6.

O que é bom para cólica?

Entre os medicamentos que são bons para cólica destacam-se os analgésicos, antiespasmódicos e, quando há inflamação, os anti-inflamatórios. Nos casos mais graves em que a dor é intensa, a medicação é administrada por via intravenosa para alívio mais rápido. A intensidade da dor guia a escolha do melhor remédio.

As fórmulas de Buscopan, por exemplo, são indicadas para relaxar os espasmos dos músculos dos órgãos do trato gastrointestinal e também do sistema geniturinário e das vias biliares7.

Dessa forma, Buscopan trata dores leves (caixa verde), dores moderadas (caixa laranja) e dores intensas (caixa roxa), essas últimas com dupla ação, pois contém analgésicos, paracetamol e dipirona, respectivamente, além do antiespasmódico (butilbrometo de escopolamina)7.

Além do medicamento adequado, outros cuidados, como beber muita água para manter o corpo hidratado, colocar uma bolsa de água quente na área afetada, fazer uma massagem suave ajudam a aliviar o desconforto da cólica8.

Durante o período menstrual, é recomendado fazer exercícios, pois estimula a liberação de endorfinas, substâncias químicas produzidas que ajudam a bloquear a percepção da dor, além de aliviar o estresse, o que também ajuda a relaxar9.

Quais grupos alimentares ajudam a evitar a cólica?

Uma dieta balanceada com os grupos alimentares certos é um cuidado que evita cólicas e outros quadros, como indigestão, constipação e excesso de gases. Veja quais alimentos devem estar sempre no prato diariamente:

Cereais

Os cereais, especialmente os integrais, são ricos em fibras, vitaminas e minerais essenciais e fitoquímicos. Esses alimentos regulam o trânsito intestinal, evitando a constipação e as cólicas desconfortáveis desse quadro. Os principais tipos de cereais são: arroz, aveia, milho, trigo e painço10.

Frutas e legumes

Outra categoria que se encaixa no que é bom para cólica são frutas e legumes ricos em fibras. Mamão, ameixa, kiwi, laranja, manga favorecem o funcionamento do intestino. Entre os legumes, berinjela, brócolis, vagem e verduras cruas, como escarola, alface e rúcula devem estar no cardápio11.

Grãos

Os grãos são ótimas fontes de proteína vegetal e carboidrato que ajudam na sensação de saciedade, além de serem ricos em sais minerais, como cálcio, cromo e magnésio. As principais opções para incluir na dieta são: feijão, soja, grão de bico, quinoa, ervilha, entre outros10.

Dúvidas frequentes sobre cólica

O que é bom para a cólica menstrual de remédio?

Um remédio bom para cólica menstrual é Buscofem. A fórmula principal contém ibuprofeno, um analgésico usado para alívio das dores de cabeça, no corpo e cólicas. As cápsulas Liqui-Gels® tem ação duas vezes mais rápida que os comprimidos convencionais7.

O que faz dar cólica?

A cólica é um sinal de que algo não vai bem ou é um sintoma típico de um quadro de saúde. Como vimos acima, a dor surge quando o corpo não consegue desempenhar suas funções, como no caso da vesícula e dos rins, ou é uma característica de um período como a menstruação.

Por que a cólica vem muito forte?

A cólica intensa não é normal e pode ser sintoma de um problema ou doença. Nesses casos, o desconforto impossibilita as atividades diárias, mesmo tomando remédio para cólica menstrual forte. Por isso, o recomendado é buscar ajuda médica para investigar a causa12.

Como aliviar a cólica em minutos?

Para aliviar a cólica em minutos, escolha um lugar calmo e faça uma automassagem na região pélvica, com movimentos circulares em sentido horário durante três minutos13.

Um remédio caseiro para aliviar rápido da cólica menstrual é o chá. Uma opção de chá para cólica menstrual muito forte é o chá de camomila que tem propriedades calmantes13.

Outro chá para cólica menstrual é o de canela, que reduz os níveis de prostaglandina, que causam contrações na musculatura do útero, causando a dor13.

Qual é a melhor posição para aliviar a cólica?

As posições para aliviar cólica menstrual são de lado (um travesseiro deixa a posição mais confortável) ou em posição fetal com os joelhos dobrados na direção do peito13.

Cólica precisa de atenção

Saber o que é bom para a cólica ajuda a aliviar o sintoma no momento. Porém, se a dor é forte e até incapacitante, procure um médico ou atendimento de emergência para investigar os motivos.

Seja qual for a sua dor na barriga, vai de Buscopan!

1. Lindenmeyer CC. Cálculos biliares [Internet]. Manual MSD Versão Saúde para a Família. Manuais MSD; 2020. Disponível em: https://www.msdmanuals.com/pt-br/casa/doen%C3%A7as-hep%C3%A1ticas-e-da-ves%C3%ADcula-biliar/dist%C3%BArbios-da-ves%C3%ADcula-biliar-e-dutos-biliares/c%C3%A1lculos-biliares. Acesso em junho de 2023.2. Parte I - Protocolos de clínicas médicas [63] [Internet]. Disponível em: https://www.saudedireta.com.br/docsupload/1331558292Cap_19.pdf. Acesso em junho de 2023.3. Cólica intestinal: o que pode ser? [Internet]. Médico Responde. Disponível em: https://medicoresponde.com.br/colica-intestinal-o-que-pode-ser/. Acesso em junho de 2023.4. CCD. Cólica intestinal: o que pode ser? Acompanhe [Internet]. CCD. 2018. Disponível em: https://ccddf.com.br/colica-intestinal/. Acesso em junho de 2023.5. Dismenorreia primária: tratamento. Revista da Associação Médica Brasileira [Internet]. 2013 Oct 1;59:413–9. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ramb/a/J8NzCbZLHrcbzMHgD5phXLw/?lang=pt. Acesso em junho de 2023.6. Watson S. Renal Colic [Internet]. Healthline. Healthline Media; 2017. Disponível em: https://www.healthline.com/health/renal-colic. Acesso em junho de 2023.7. Produto Buscofem® | Buscofem [Internet]. www.buscofem.com.br. Disponível em: https://www.buscofem.com.br/. Acesso em junho de 2023.8. Colic in adults: Types, causes, and treatments [Internet]. www.medicalnewstoday.com. 2021. Disponível em: https://www.medicalnewstoday.com/articles/colic-in-adults#treatment-options. Acesso em junho de 2023.9. 5 Tips for Getting Relief From Period Cramps & Pain [Internet]. www.houstonmethodist.org. Disponível em: https://www.houstonmethodist.org/blog/articles/2021/sep/menstrual-cramps-5-tips-for-getting-relief-from-period-pain/. Acesso em junho de 2023.10. Grãos, sementes e cereais: quais são as diferenças? Entenda cada grupo alimentar [Internet]. www.conquistesuavida.com.br. Disponível em: https://www.conquistesuavida.com.br/noticia/graos-sementes-e-cereais-quais-sao-as-diferencas-entenda-cada-grupo-alimentar_a7267/1. Acesso em junho de 2023.11. Alimentação para sua saúde intestinal. Einstein.br. 2019. Disponível em: https://www.einstein.br/noticias/noticia/alimentacao-para-sua-saude-intestinal. Acesso em junho de 2023.12. É normal sentir cólicas intensas? Entenda o que pode ser! [Internet]. Clínica Lucídio Portella. 2022. Disponível em: https://clinicalucidioportella.com.br/colicas-intensas/. Acesso em junho de 2023.13. 10 dicas para aliviar a cólica menstrual: rápida e caseira [Internet]. Clínica Claf. 2021. Disponível em: https://clinicadafamiliadf.com.br/10-dicas-para-aliviar-as-colicas-menstruais/. Acesso em junho de 2023.