Dor na Barriga

O que pode ser barriga inchada e qual remédio tomar?

Imagem dio post O que pode ser barriga inchada

O que pode ser barriga inchada? Algo muito comum no corpo humano, a barriga inchada pode ser um simples acúmulo de gases ou o sintoma de alguma doença.¹

Chamada de distensão abdominal pelos médicos, a barriga inchada pode tanto estar em todo o abdômen quanto se concentrar em um único ponto, abaixo do umbigo, por exemplo.¹

A barriga também pode ficar inchada e dura ou inchada e mole. Essa característica, assim como o local em que o inchaço está, são de grande ajuda para o diagnóstico médico.¹

Quais as causas de barriga inchada?

A barriga fica inchada porque o volume do abdômen foi aumentado pela presença de alguma substância em seu interior, que pode ser gasosa, líquida ou sólida.

Há também situações em que a pessoa sente um incômodo no abdômen, mas ele não está visualmente inchado. Ainda assim, esse sintoma é caracterizado como distensão abdominal.

O que pode ser barriga inchada?

Mas, afinal, o que pode ser barriga inchada e dolorida? Como dissemos anteriormente, esse pode ser um sintoma de diversos problemas. Abaixo listamos os 9 problemas mais comuns que causam a barriga inchada.

1)    Excesso de gases

Normalmente, o excesso de gases na barriga, causado pela ingestão de alguns alimentos, faz o abdômen distender.²

Além da alimentação, outros problemas podem causar o excesso de gases, como ansiedade intensa, intestino preso e intolerância à lactose.²

Sintomas de barriga inchada por excesso de gases

Além da barriga inchada, o excesso de gases no abdômen pode ter outros sintomas como:

  • Mal-estar;
  • Eructações (arrotos);
  • Flatos (pum).

Mas como dissemos anteriormente, muitas vezes o paciente está com excesso de gases, mas a barriga não está visivelmente inchada. Isso acontece porque o aumento na produção intestinal de gases não é suficiente para distender o abdômen de forma visível, mas é suficiente para causar desconforto, flatos e eructações.³

Quais as causas de barriga inchada por excesso de gases?

No caso da alimentação o aumento de gases no abdômen pode ser devido a:

  • Feijão;
  • Ovos;
  • Leite;
  • Batata;
  • Milho;
  • Farelo de trigo;
  • Cereais;
  • Brócolis;
  • Aspargos;
  • Alho;
  • Repolho;
  • Bebidas gaseificadas;
  • Couve-flor.

2)    Gastrite

Outra resposta para a pergunta do que pode ser barriga inchada é gastrite. Essa doença é caracterizada pela inflamação da mucosa interna do estômago, que causa distensão abdominal.

Sintomas de barriga inchada por gastrite

Além da barriga inchada, a gastrite causa:

  • Sensação de estômago cheio;
  • Endurecimento e dor acima do umbigo, na região do estômago;
  • Azia;
  • Queimação;
  • Perda de apetite;
  • Náuseas;
  • Vômitos.

Como evitar e tratar?

Evite comer muito. O ideal é realizar pequenas refeições durante o dia, mastigando bem os alimentos. Dê preferência para verduras e frutas que não sejam ácidas e para carnes magras.4

Também é importante evitar realizar jejuns longos e a ingestão de café, refrigerantes, bebidas alcoólicas e medicamentos anti-inflamatórios.4

Em uma consulta, o médico provavelmente irá indicar antiácidos e antibióticos para o tratamento, dependendo do caso.4

3)    Síndrome do intestino irritável

Outra causa da barriga inchada pode ser a síndrome do intestino irritável (SII), que é um problema na função desse órgão. ³

Essa doença não apresenta nenhuma lesão visível dos intestinos, mas seu funcionamento é alterado e o paciente apresenta alguns sintomas gastrointestinais.³

Sintomas de barriga inchada por síndrome do intestino irritável

Além da distensão abdominal, a síndrome do intestino irritável é caracterizada por:

  • Episódios de constipação alternados com diarreia;
  • Dor e cólicas abdominais;
  • Aumento da liberação de gases;
  • Mal-estar;
  • Cansaço;
  • Náuseas.

Esses sintomas costumam piorar diante do consumo de alguns alimentos específicos e de estresse emocional.4

Como evitar e tratar?

Para prevenir a síndrome do intestino irritável é preciso observar quais alimentos que pioram os sintomas e evitar comê-los. Além disso, evite alimentos que produzem gases, como os já listados acima.4

Aumentar o consumo de fibras e água pode ajudar no tratamento, assim como o uso de medicamentos para dor abdominal, diarreia e prisão de ventre, que poderão ser receitados por seu médico.4

4)    Prisão de ventre

A resposta mais comum para a pergunta “O que pode ser barriga inchada?” é prisão de ventre. Normalmente, a prisão de ventre deixa a barriga inchada, dolorida e dura.4

Quais as causas de barriga inchada por prisão de ventre?

A constipação pode estar associada a diversas causas, entre elas estão a alimentação pobre em fibras, o sedentarismo e problemas de saúde como diabetes, divertículos, tireoide e tumores intestinais.4

Alguns medicamentos também podem deixar o intestino preguiçoso como analgésicos opioides, antidepressivos, antipsicóticos, anti-histamínicos, ferro e antiácidos à base de alumínio.³ Por isso, é importante não se automedicar e fazer uso de remédios com responsabilidade.

Como evitar e tratar?

Para evitar e tratar a prisão de ventre, é preciso fazer uma educação alimentar adicionando a sua rotina alimentos ricos em fibras, como frutas e farinhas integrais, e aumentar a ingestão de água.4

Caso a prisão de ventre não melhore em até 3 dias, agende uma consulta com um gastroenterologista para diagnóstico e tratamento.

5)    Gravidez

Em muitas mulheres, a gravidez demora para ser notada, principalmente por apresentar sintomas mais discretos e comuns a diversos problemas, como a barriga inchada.

No caso da gravidez, além da sensação de inchado, a barriga fica dura, principalmente na região abaixo do umbigo. Essa rigidez é provocada pelo amento do volume do útero.4

Por isso, caso você esteja com a barriga inchada e tenha identificado um atraso na menstruação de mais de 15 dias, realize um teste de gravidez de farmácia.

Se o exame der positivo, procure um obstetra para fazer novos exames e iniciar o pré-natal. 

6)    Doença celíaca

Os principais sintomas da doença celíaca são:

  • Sensação de barriga inchada;
  • Aumento da produção de gases;
  • Cólicas.

Essa doença imunológica se caracteriza pela ocorrência de uma reação inflamatória no intestino delgado diante do consumo de alimentos que contenham glúten.

O glúten é uma proteína que está presente em diversos cereais, como trigo, aveia, centeio e cevada.

Por isso, se sempre que você come alimentos feitos com esses cereais, como bolos, pães, entre outros, você sente os sintomas indicados acima, procure um médico para correto diagnóstico e orientação, já que a doença celíaca não tem cura.

O tratamento consiste na suspensão do consumo de alimentos com glúten e em uma dieta livre desta proteína que deve ser indicada por um nutricionista especialista.

7)    Intolerância à lactose

A intolerância à lactose ocorre quando o corpo não consegue digerir essa substância, encontrada no leite e em todos os produtos derivados dele.³

Sintomas de barriga inchada por intolerância à lactose

  • Diarreia;
  • Cólicas;
  • Flatulência após consumir leite e seus derivados;
  • Sensação de barriga inchada até duas horas após a ingestão de laticínios.

8)    Ascite

Popularmente conhecido como barriga d’água, a ascite é o acúmulo de líquido no abdômen.

Sintomas de barriga inchada por ascite

  • Barriga inchada e dura;
  • Desconforto no abdômen;
  • Umbigo achatado ou protuberante;
  • Perda de apetite;
  • Falta de ar em casos graves.

A ascite pode ser indicação de uma doença mais séria, como a cirrose hepática, para pessoas que tenham algum problema relacionado ao fígado, rins ou coração.³

Como evitar e tratar?

Para evitar e tratar a ascite, é preciso realizar uma dieta com pouco sal e evitar o consumo de bebidas alcoólicas.

O médico pode recomendar ainda o uso de diuréticos, albumina e antibióticos.

Em casos graves, pode ser necessária a retirada do líquido da barriga por meio de punção com agulha e instalação de dreno. Para isto, é necessária internação.

9)    Aumento dos órgãos abdominais e tumores

Outra resposta para a pergunta sobre o que pode ser barriga inchada é o aumento dos órgãos abdominais. Normalmente, quando isso ocorre, a região do órgão afetado fica endurecida e, em alguns casos, causa até mesmo dor.

Os órgãos que podem ter seu tamanho afetado são o fígado, próstata e ovários. Esses aumentos são indicativos de doenças como:

  • Esquistossomose;
  • Cirrose;
  • Hepatites;
  • Miomas;
  • Tumores.

Como evitar e tratar?

Caso suspeite de que o inchaço na sua barriga pode estar sendo causado pelo aumento de tamanho de algum órgão, busque atendimento hospitalar para que sejam realizados exames, tanto de sangue quanto de imagem, e o diagnóstico seja realizado.

Qual o remédio para barriga inchada?

Se algum desses casos você sentir dores ou cólicas na região da barriga, os antiespasmódicos são os remédios mais indicados.

O antiespasmódico mais prescrito pelos médicos6 e mais vendido nas farmácias5 é o Buscopan. Esse remédio traz alívio rápido e prolongado por possuir um ativo específico (butilbrometo de escopolamina) para o tratamento das cólicas e dores na barriga.

A decisão de qual medicamento da família Buscopan usar vai depender da intensidade da sua dor. Para dores leves, Buscopan ou gotas; para dores moderadas, Buscoduo; para dores intensas, Buscopan Composto.

SEJA QUAL FOR A SUA DOR NA BARRIGA, VAI DE BUSCOPAN

Buscopan é a única marca com portfólio completo para cada intensidade de dor na

Barriga5. Além disso, todos os produtos da linha possuem o ativo específico (butilbrometo de escopolamina) para o tratamento das cólicas e dores na barriga.

·         Buscopan: versão tradicional da caixinha verde, traz alívio rápido e prolongado e é indicado para cólicas e dores na barriga leves. Saiba mais sobre Buscopan Mono. 

·         Buscopan Gotas: possui a mesma fórmula do Buscopan, mas na versão gotas. Indicado principalmente para crianças e grávidas. Conheça o Buscopan Gotas para cuidar da cólica do seu bebê! 

·         Buscoduo: além do butilbrometo de escopolamina, essa versão da caixinha laranja de Buscopan possui paracetamol em sua composição, aliviando cólicas e dores na barriga moderadas. Veja mais informações sobre o Buscoduo!

-     Buscopan Composto: o princípio ativo do Buscopan da caixinha roxa é uma combinação de butilbrometo de escopolamina com Dipirona, ou seja, ele possui ação analgésica e antiespamódica, ideal para combater dores intensas na barriga. Entenda o funcionamento de Buscopan Composto.

Seja qual for a sua dor na barriga, Vai de Buscopan

Buscopan é a única marca com portfólio completo para cada intensidade de dor na Barriga1. Além disso, todos os produtos da linha possuem o ativo específico (butilbrometo de escopolamina) para o tratamento das cólicas e dores na barriga.

  • Buscopan: versão tradicional da caixinha verde, traz alívio rápido e prolongado e é indicado para dores leves e cólicas na região da barriga2. Saiba mais do Buscopan.
  • Buscopan Gotas: possui a mesma fórmula do Buscopan comprimido, mas na versão gotas. Indicado principalmente para crianças e grávidas3 (desde que indicado por um médico). Conheça o Buscopan Gotas para cuidar da cólica do seu bebê!
  • Buscoduo: além do Butilbrometo de escopolamina, essa versão da caixinha laranja de Buscopan possui Paracetamol em sua composição, aliviando cólicas e dores na barriga moderadas4. Veja mais informações sobre o Buscoduo!
  • Buscopan Composto: o princípio ativo do Buscopan da caixinha roxa é uma combinação de Butilbrometo de escopolamina com Dipirona, ou seja, ele possui ação analgésica e antiespasmódica, ideal para combater dores intensas na barriga5. Entenda o funcionamento de Buscopan Composto.

Buscopan. butilbrometo de escopolamina. Indicações: tratamento dos sintomas de cólicas estomacais e intestinais, cólicas e movimentos involuntários anormais das vias biliares e cólicas dos órgãos sexuais e urinários. MS 1.7817.0890. Buscoduo. butilbrometo de escopolamina e paracetamol. Indicações: tratamento dos sintomas de cólicas, dores e desconforto na barriga. MS 1.7817.0889. Buscopan composto. butilbrometo de escopolamina e dipirona. Indicações: tratamento dos sintomas de cólicas intestinais, estomacais, urinárias, das vias biliares, dos órgãos sexuais femininos e menstruais. MS 1.7817.0891. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. 07/2022.
Referências Consultadas:
  1. 1. IQVIA PMB MAT JAN/22
  2. 2. Bula do produto Buscopan
  3. 3. Bula do Produto Buscopan Gotas
  4. 4. Bula do produto Buscoduo
  5. 5. Bula do produto Buscopan Composto