Dicas

Conheça os principais alimentos inflamatórios

Imagem dio post Conheça os principais alimentos inflamatórios
Pão

Alimentos inflamatórios que interferem no dia a dia

Preocupado com o que você está consumindo? Saiba que uma alimentação inadequada aumenta o risco de doenças crônicas e de mortalidade. Por isso, preste atenção nestes grupos alimentares:

Alimentos tradicionais

O feijão, parte importante das refeições do brasileiro, é um dos mais condicionados a inchar o intestino. Embora seja uma fonte de proteínas, a leguminosa contém alto nível de fibra alimentar, fator preocupante que acarreta gases intestinais em excesso e flatulência.1,2

Queridos do dia a dia, o arroz, o pão francês e o biscoito cream cracker estão associados ao alto nível de carboidratos refinados, por isso, devem ser ingeridos em baixa quantidade. Entende-se que a inflamação vinda pelo carboidrato implica em obesidade, deficiência de nutrientes e até mesmo psoríase. 1,3

Ainda na lista dos tradicionais, os refrigerantes são bebidas industrializadas com alto nível de açúcar, de suco de frutas e de carbonatação. Além de resultar em problemas gastrointestinais, eles aumentam a quantidade de cáries, de peso e possibilitam a osteoporose. 4



Ricos em lipídio

A comida gordurosa tem o seu valor já que aguça os sentidos, porém relaciona-se o consumo à alta ingestão de dois tipos de citocinas, proteína que controla o sistema do organismo. Por um lado, o lipídio está ligado ao aumento de IL-18 - proteína que facilita o processo inflamatório -; e, por outro, à redução do antiinflamatório adiponectina. 1

Apesar das composições diferenciadas, o lipídio engloba mais cargas inflamatórias à propensão do inchaço estomacal do que as propriedades benéficas da adiponectina. Nesse sentido, classificam-se nessa categoria alimentos como queijos, em especial, muçarela, leite integral e margarina.1

Menor nível inflamatório

Com propriedades menos impactantes negativamente no organismo, alguns alimentos apresentam menores níveis de citocinas inflamatórias, além de ajudar a proteger contra a inflamação crônica. Logo, são recomendados para consumo moderado o azeite de oliva, a carne vermelha, a manteiga, os grãos integrais, frutas e vegetais.1

Frutas

Quais são as frutas inflamatórias?

Embora as frutas sejam favoráveis para o bom funcionamento do intestino, algumas apresentam substâncias que prendem o intestino. Destacam-se nesse grupo a maçã e o morango em vista da riqueza de fibras solúveis como a pectina, cuja função retarda o esvaziamento gástrico e aumenta o volume das fezes. 5

Com finalidade semelhante à maçã, a banana verde é rica em potássio, cálcio e fósforo, fatores que colaboram para a fermentação do intestino grosso, fazendo com que o órgão permaneça preso por mais tempo. 6

Apesar de aproveitar as nossas dicas, tenha sempre em mente buscar a orientação de um profissional especializado para ajudá-lo numa alimentação balanceada que livre o organismo dos efeitos inflamatórios.