Alívio

Aprenda como aliviar dor na barriga! Chega de sofrer!

Imagem dio post Como aliviar dor na barriga

A dor abdominal é bastante comum e pode estar relacionada tanto a problemas mais simples, como má digestão e excesso de gases, quanto a doenças mais complexas que acometem órgãos como estômago, fígado, intestino, vesícula, bexiga, útero ou ovários¹.

Saber como aliviar dor na barriga é bastante útil em ambos os casos. No entanto, caso o sintoma persista por mais de três dias, um médico deve ser consultado. Confira neste artigo dicas eficazes para combater esse mal-estar.

O que pode ser dor na barriga?

Antes de descobrir o que fazer para aliviar a dor na barriga, é preciso entender o que pode ser esse incômodo para, assim, evitá-lo futuramente.

Como dissemos, a dor na barriga pode estar relacionada a diferentes problemas e sua localização é um bom indício do que pode ser¹.

  • Dor na parte superior do lado esquerdo do abdômen: gastrite, úlcera gástrica, excesso de gases.
  • Dor na parte superior da região central do abdômen: refluxo gastroesofágico, má digestão, gastrite, úlcera gástrica, inflamação da vesícula.
  • Dor na parte superior do lado direito do abdômen: inflamação ou pedra na vesícula, doenças no fígado.
  • Dor do lado esquerdo do abdômen: gastrite, inflamação do intestino, excesso de gases, cisto no ovário esquerdo.
  • Dor do lado direito do abdômen: doença de Crohn (doença inflamatória crônica que afeta o sistema digestivo), inflamação do intestino, excesso de gases, inflamação da vesícula, cisto no ovário direito.
  • Dor na área do umbigo: úlcera gástrica, inflamação do pâncreas, gastroenterite, início de apendicite, hérnia umbilical.
  • Dor na parte inferior do lado esquerdo do abdômen: inflamação do intestino, excesso de gases, hérnia inguinal, cisto no ovário esquerdo.
  • Dor na parte inferior do lado direito do abdômen: excesso de gases, apendicite, doença de Crohn, inflamação do intestino, cisto no ovário direito.
  • Dor na região pélvica: inflamação do intestino, cólon irritável, inflamação da bexiga, infecção urinária, problemas na próstata, gravidez ectópica (gravidez fora do útero, geralmente em uma das trompas de Falópio), endometriose, mioma.

Mas é claro que somente com a localização da dor não é possível ter um diagnóstico exato do problema. Para isso, os médicos levam em consideração outros fatores, como¹:

  • Intensidade;
  • Tipo de dor (cólica, pontada, facada, aperto etc.);
  • Irradiação (se a dor se desloca para outras regiões do corpo);
  • Periodicidade;
  • Duração;
  • Fatores que melhoram ou pioram a dor;
  • Se interfere no dia a dia ou no sono;
  • Se houve consumo de bebida alcoólica, de condimentos ou gorduras antes do início da dor;
  • Ciclo menstrual;
  • Uso de medicamentos.

Como a dor na barriga se manifesta?

A dor na barriga pode ter diferentes formas de manifestação. Ela pode vir como uma cólica intermitente ou com uma sensação dolorosa contínua, que provoca desde leves desconfortos até dores agudas insuportáveis¹.

Às vezes, a dor é desencadeada ou piora após comer, realizar determinados movimentos com o corpo, ao carregar peso ou até mesmo ao ficar em determinada postura¹.

A dor abdominal pode vir ainda acompanhada de outros sintomas como: náusea, vômito diarreia e febre. Nestes casos, um médico deve ser consultado imediatamente¹.

Posição para aliviar dor de barriga

Uma das dicas de como aliviar dor na barriga é realizar posições específicas. Por exemplo, deitar de barriga para cima e colocar as pernas para o alto costuma ajudar, principalmente se a dor abdominal estiver sendo provocada por gases, já que essa posição ajuda a eliminação dos flatos.

Outra posição é deitar e dobrar os joelhos em cima da barriga, pressionando-as. Essa compressão ajuda a aliviar a cólica.

Você também pode sentar e se curvar em cima das suas pernas. A posição fetal é outra opção que ajuda a comprimir a barriga e aliviar a sensação de dor.

Como aliviar a dor na barriga? Dicas

Afinal, o que fazer para aliviar a dor na barriga? Confira agora!

1)    Comer de forma saudável

Ter uma alimentação saudável, rica em fibras, é fundamental para um bom funcionamento do intestino e, consequentemente, ajuda a evitar dores na barriga².

No entanto, para quem já está com esse desconforto, é ainda mais importante cuidar da alimentação, dando preferência a alimentos leves, de fácil digestão e menos gordurosos. Esse simples ato pode aliviar consideravelmente a dor abdominal².

2)    Hidratação

Mas é claro que o consumo de fibra por si só não faz milagres. Ele precisa estar associado a uma boa quantidade de água. Isso porque o líquido ajuda as fibras a formarem um “gel” que facilita o tráfego intestinal, aliviando a dor na barriga².

3)    Realizar massagem no abdômen

Fazer uma massagem suave na barriga realizando movimentos circulares no sentido do trânsito intestinal (do lado direito para o esquerdo) é uma das melhores maneiras para aliviar rapidamente a dor na barriga².

Você pode tanto pedir para alguém realizar a massagem em você quanto fazer em si mesma.

4)    Compressa morna

As compressas mornas são extremamente eficazes e está entre as melhores dicas de como aliviar dor na barriga.

Colocar uma bolsinha térmica ou uma toalha aquecida no abdômen irá promover o relaxamento da musculatura, aliviando a dor por contração muscular e as cólicas².

Somente cuidado para garantir que a compressa não está quente demais e evitar colocá-la diretamente em contato com a pele ou deixá-la no abdômen por um longo período para que não ocorra queimaduras².

Remédio para dor na barriga

As medicações mais indicadas para dor na barriga são os antiespasmódicos e os analgésicos.

Neste sentido, Buscopan é a única marca com portfólio completo para cada intensidade de dor na Barriga³. Além disso, todos os produtos da linha possuem o ativo específico (butilbrometo de escopolamina) para o tratamento das cólicas e dores na barriga.

  • Buscopan: versão tradicional da caixinha verde, traz alívio rápido e prolongado e é indicado para cólicas e dores na barriga leves. Saiba mais sobre Buscopan!
  • Buscopan Gotas: possui a mesma fórmula do Buscopan, mas na versão gotas. Indicado principalmente para crianças e grávidas. Conheça o Buscopan Gotas para cuidar da cólica do seu bebê! 
  • Buscoduo: além do butilbrometo de escopolamina, essa versão da caixinha laranja de Buscopan possui paracetamol em sua composição, aliviando cólicas e dores na barriga moderadas. Veja mais informações sobre o Buscoduo!
  • Buscopan Composto: o princípio ativo do Buscopan da caixinha roxa é uma      combinação de butilbrometo de escopolamina com Dipirona, ou seja, ele possui ação analgésica e antiespasmódica, ideal para combater dores intensas na barriga. Entenda o funcionamento de Buscopan Composto.

SEJA QUAL FOR A SUA DOR NA BARRIGA, VAI DE BUSCOPAN

Seja qual for a sua dor na barriga, Vai de Buscopan

Buscopan é a única marca com portfólio completo para cada intensidade de dor na Barriga1. Além disso, todos os produtos da linha possuem o ativo específico (butilbrometo de escopolamina) para o tratamento das cólicas e dores na barriga.

  • Buscopan: versão tradicional da caixinha verde, traz alívio rápido e prolongado e é indicado para dores leves e cólicas na região da barriga2. Saiba mais do Buscopan.
  • Buscopan Gotas: possui a mesma fórmula do Buscopan comprimido, mas na versão gotas. Indicado principalmente para crianças e grávidas3 (desde que indicado por um médico). Conheça o Buscopan Gotas para cuidar da cólica do seu bebê!
  • Buscoduo: além do Butilbrometo de escopolamina, essa versão da caixinha laranja de Buscopan possui Paracetamol em sua composição, aliviando cólicas e dores na barriga moderadas4. Veja mais informações sobre o Buscoduo!
  • Buscopan Composto: o princípio ativo do Buscopan da caixinha roxa é uma combinação de Butilbrometo de escopolamina com Dipirona, ou seja, ele possui ação analgésica e antiespasmódica, ideal para combater dores intensas na barriga5. Entenda o funcionamento de Buscopan Composto.

Buscopan. butilbrometo de escopolamina. Indicações: tratamento dos sintomas de cólicas estomacais e intestinais, cólicas e movimentos involuntários anormais das vias biliares e cólicas dos órgãos sexuais e urinários. MS 1.7817.0890. Buscoduo. butilbrometo de escopolamina e paracetamol. Indicações: tratamento dos sintomas de cólicas, dores e desconforto na barriga. MS 1.7817.0889. Buscopan composto. butilbrometo de escopolamina e dipirona. Indicações: tratamento dos sintomas de cólicas intestinais, estomacais, urinárias, das vias biliares, dos órgãos sexuais femininos e menstruais. MS 1.7817.0891. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. 07/2022.
Referências Consultadas:
  1. 1. IQVIA PMB MAT JAN/22
  2. 2. Bula do produto Buscopan
  3. 3. Bula do Produto Buscopan Gotas
  4. 4. Bula do produto Buscoduo
  5. 5. Bula do produto Buscopan Composto